Ambiental apreende 1.600 metros de rede na operação piracema e solta 25 kg de peixes dos petrechos ilegais, em Paranaíba

0
283

Policiais militares de Aparecida do Taboado executaram fiscalização preventiva na operação piracema nos rios Paranaíba e Aporé durante todo o dia ontem e hoje (20) até à tarde e apreenderam diversos petrechos ilegais de pesca. A equipe não encontrou pescadores, porém, retirou dos rios, 32 redes de pesca, medindo aproximadamente 1.600 metros que estavam armadas ilegalmente. Os infratores que armaram as redes não foram localizados e nem identificados. Foram soltos em torno de 25 kg de peixes vivos que estavam presos aos petrechos ilegais.

Mesmo que não sejam presos infratores, a intensificação deste tipo de fiscalização tem o poder de dissuadir aqueles que teriam intensão de desrespeitar as normas. Além disso, a retirada desses petrechos com alto poder de captura, principalmente neste período de piracema, evita a degradação dos cardumes. Por exemplo, o pescado solto no rio nesta operação morreria, mesmo se os pescadores não viessem retirá-lo e, também, os petrechos ilegais continuam no local causando mortandade de peixes, até quando os pescadores esquecem onde armaram, ou por algum motivo, medo da fiscalização, por exemplo, não voltam para retirá-los.

FONTE: PM MS