Acusado de assassinar Valéria será julgado nesta quinta em Paranaíba

0
1169

Relembre o Caso

Valéria, 30 anos, morreu após ser baleada e esfaqueada pelo ex-marido no início da noite (14-05-20) no cruzamento da avenida Aristide Klafke com a rua José Garcia leal, no bairro Santa Lúcia, próximo a academia Shotokan.

Informações são que a vítima teria sido baleada, e em um vídeo filmado por vizinhos, é possível ver o autor agredindo a vítima com uma faca na frente da filha dela.

Em entrevista a uma rádio de Paranaíba, o policial militar Fausto disse que quando chegou no local encontrou a vítima no chão ensanguentada e o autor pedindo para que os militares tirassem a vida dele.

Os agentes entraram na área da casa onde ocorreu o crime e resgataram a vítima, o autor enquanto era conduzido à viatura foi agredido por parentes da vítima sendo necessária a intervenção da polícia que realizou disparos de arma de fogo.

Ambos foram encaminhados à Santa Casa, a mulher passou por cirurgia, mas não resistiu.

Os agentes entraram na área da casa onde ocorreu o crime e resgataram a vítima, o autor enquanto era conduzido à viatura foi agredido por parentes da vítima sendo necessária a intervenção da polícia que realizou disparos de arma de fogo.

Ambos foram encaminhados à Santa Casa, a mulher passou por cirurgia, mas não resistiu.

https://jornaltribunalivre.com/~jorna820/acervodigital/noticia/53735/paranaiba-n-mulher-morre-ao-ser-baleada-e-esfaqueada-pelo-marido/

Sergio da Silva Virginio de 33 anos foi denunciado MPMS por feminicídio no dia 14 de Maio de 2020 contra Valéria Ribeiro, 30 anos. Será julgado nesta quinta-feira.