CAMPO GRANDE: Vizinho confessa que matou e queimou idoso após briga por som alto

0
135
Casa onde José foi encontrado morto no Bairro Nova Lima. (Foto: Marcos Maluf) - CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

Renato Geovane Alves, de 37 anos, foi preso no fim da tarde desta terça-feira (9) e confessou que matou José Leocardio da Silva, de 73 anos, no final da manhã desta terça-feira (9), na casa onde a vítima morava na Rua Nefe Pael, Bairro Nova Lima, em Campo Grande. O motivo foi um desentendimento por causa de som alto.

O idoso foi encontrado morto pelo filho, que foi até a casa para tomar café com o pai. Ao chegar, encontrou José sentado em uma cadeira de fio dentro de casa, com sinais de queimadura nos braços e nas costas. Também havia sinais de fogo no chão, perto de onde o idoso estava.

Durante os trabalhos policiais e periciais na cena de crime, o filho comentou que sabia de uma discussão que José teve com o vizinho da vila de casas, Renato Geovane, e que suspeitava dele. Então o GOI (Grupo de Operações e Investigações) e a Polícia Militar passaram a fazer buscas pelo suspeito.

Renato foi localizado no fim do dia próximo ao local do crime. Aos policiais, confessou o crime, alegando que teve uma discussão com a vítima no dia anterior e então decidiu matá-la na varanda da casa.

Na manhã desta terça, disse que esganou José até a morte. Em seguida, arrastou o corpo para dentro do imóvel, colocou em uma cadeira e ateou fogo, utilizando uma garrafa de álcool e um isqueiro. Após confessar o crime, Renato foi preso em flagrante e encaminhado para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro. – CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS