Com alerta de perigo para MS, umidade pode chegar a 12%, aponta Inmet

0
21
Capybara in the lake water with bird. The biggest mouse around the world, Capybara, Hydrochoerus hydrochaeris, with evening light during orange sunset, Pantanal, Brazil.

O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) emitiu um alerta de baixa umidade para grande parte de Mato Grande do Sul. Segundo Instituto, domingo pode ter umidade entre 20% e 12%, números que causam risco à saúde, bem como propicia incêndios florestais.

O alerta de baixa umidade do Inmet vem sendo emitido durante toda a semana, quando Campo Grande chegou a registrar 7% de umidade relativa do ar. As instruções para climas como este são beber bastante líquido, não praticar ou praticar atividas físicas moderadas, evitar exposição ao sol nas horas mais quentes do dia, usar hidratante para pele e umidificar o ambiente.

As cidades sob alerta são: Alcinópolis, Anastácio, Anaurilândia, Angélica, Aparecida do Taboado, Aquidauana, Bandeirantes, Bataguassu, Batayporã, Bodoquena, Bonito, Brasilândia, Camapuã, Campo Grande, Cassilândia, Chapadão do Sul, Corguinho, Corumbá, Costa Rica, Coxim, Deodápolis, Dois Irmãos do Buriti, Douradina, Dourados, Figueirão, Guia Lopes da Laguna, Inocência, Itaporã, Jaraguari.

Ainda, Jardim, Ladário, Maracajú, Miranda, Nioaque, Nova Alvorada do Sul, Nova Andradina, Paranaíba, Paraíso das Águas, Pedro Gomes, Porto Murtinho, Ribas do Rio Pardo, Rio Brilhante, Rio Negro, Rio Verde do Mato Grosso, Rochedo, Santa Rita do Pardo, Selvíria, Sidrolândia, Sonora, São Gabriel do Oeste, Terenos, Três Lagoas e Água Clara.

Midiamax