Deputado Gerson Claro apoia pleito do prefeito Maycol Queiroz para conquistar cedência da Escola Estadual

0
150

Com a nova responsabilidade de abrigar alunos do Ensino Fundamental I, correspondente ao atendimento de crianças em idade escolar do 1º ao 5º ano, a demanda por vagas aumentou consideravelmente fazendo com que as escolas municipais sejam insuficientes para acolher novos alunos.

Diante da situação, o prefeito de Paranaíba Maycol Queiroz busca pela cedência do prédio onde funcionava a Escola Estadual “Gustavo Rodrigues da Silva”, desativada desde julho de 2019 e que atualmente funciona apenas uma Coordenadoria da Secretaria de Educação do Estado de Mato Grosso do Sul.

Nesta segunda-feira, 26, a solicitação do Chefe do Executivo ganhou forças com o apoio declarado do Deputado Estadual Gerson Claro. O parlamentar esteve no Município nesta segunda-feira, 26, e garantiu que será o porta-voz de Paranaíba junto ao Governo do Estado para esta e qualquer outra necessidade.

O prefeito contou ao Deputado que esteve em Campo Grande na última semana para reunião com a secretária estadual de Educação, Maria Cecília, que afirmou vir fazer uma visita in loco e dar uma resposta.

Maria Cecilia Secretaria de Educação Estadual

“Nós vamos ter que atender alunos do bairro Santo Antônio e imediações e as nossas escolas são poucas e muito pequenas. Com o fechamento da escola Gustavo, nós tivemos uma sobrecarga na Escola Municipal Liduvina [Motta Camargo] no bairro de Lourdes e na Escola Municipal Major [Francisco Faustino Dias].

Agora teremos que acolher ainda mais crianças e as outras unidades escolares da Rede Municipal exige um deslocamento maior, que pode levar a evasão escolar. Imagina as nossas crianças fora da escola?”, explicou.

Maycol solicitou ao deputado atenção especial ao ofício protocolado na Secretaria de Estado de Educação. “Contamos com o apoio da classe política e de toda a sociedade nesse projeto de reorganização de vagas”, disse.

Durante o encontro estiveram presentes os vereadores Lúcio Antônio de Freitas e Marco Antônio Benites.