Dez eleitores de Paranhos tiveram problema com biometria e ‘travaram’ apuração em MS, diz TRE

0
32

MIDIAMAX

Dez eleitores de Paranhos, em Mato Grosso do Sul, tiveram problemas com a biometria e ainda estariam votando em uma aldeia na cidade. Por isso, a votação no Estado deve ser finalizada com 100% da apuração somente às 21h30, informou o TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) neste domingo (2).

De acordo com o órgão, essa seção será fechada e os números serão transmitidos para Campo Grande. Eles são trabalhadores rurais que não possuem a digital legível. Quando isso ocorre, segundo o TRE-MS, eles precisam tentar quatro vezes e então registrar pela data de nascimento o voto, o que teria atrasado a sessão.

Votação

Mato Grosso do Sul tem 1.996.510 de eleitores, ou seja, pessoas que estavam aptas a votar em 2022, um total de 118.528 eleitores a mais que em 2018, segundo divulgou o TSE. A maioria tem entre 21 e 24 anos.

25,69% têm o ensino fundamental incompleto. 1.557.333 têm biometria e 22%, ou seja, 439.177, não a cadastraram.

São 38 municípios que atuaram com biometria e 41 em sistema híbrido. 52% são mulheres e 491 estão com o nome social cadastrados para a votação. 55% dos eleitores são solteiros e, em segundo lugar, aparecem os casados, com 35% do total.

São 49 zonas eleitorais no Estado todo, com 1.027 locais de votação e 7.137 seções eleitorais. Dessas, 2.584 tinham registro de acessibilidade.