Direção de penitenciária flagra conversas íntimas entre agente e interno em presídio de MS

0
517

Celas de diferentes pavilhões foram vistoriadas e diversos celulares foram apreendidos. Em um dos aparelhos, direção do presídio de Dourados flagrou as mensagens. Agente penitenciário foi afastado.

Durante fiscalização no último fim de semana, a direção da Penitenciária Estadual de Dourados (PED), a 229 quilômetros de Campo Grande, flagrou conversas íntimas, por meio de um aplicativo de celular, entre um interno e um agente penitenciário que trabalha na unidade.

De acordo com a Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen), o servidor foi identificado e imediatamente afastado do trabalho. Ele também foi colocado à disposição para ser transferido da penitenciária de Dourados e o caso foi encaminhado à Corregedoria da Agepen para apuração e demais providências necessárias.

O conteúdo da conversa não foi divulgado pela Agepen. Segundo a Agência, o flagrante ocorreu durante uma operação de inteligência realizada durante todo o último fim de semana – de sexta-feira a domingo – com a realização de vistorias em celas e apuração de dados coletados. Diversos celulares foram apreendidos.

Conforme a Agepen, a PED está, atualmente, com 2,3 mil presos, apesar de ter capacidade para 718 internos. A direção do presidio reforçou que adotou todas as providências possíveis sobre o caso e que acompanhará os desdobramentos.

G1MS