Eduardo Borges registra candidatura a deputado estadual e pode gastar cerca de R$ 1,3 milhões na campanha

0
149

Eduardo Juventino Alves Borges (Eduardo Borges), 35 anos, casado, registrado como natural de Santa Fé do Sul (SP), empresário, filiado no PT, cadastrado como da cor branca, registrou sua candidatura no TRE-MS (Tribuna Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) como candidato a deputado estadual. O limite de seus gastos na campanha eleitoral deste ano é de R$ 1.270.629,01.

Morador de Paranaíba, Eduardo Borges vai disputar sua primeira eleição pelo PT.

No espaço reservado para o registro de bens junto ao TER-MS tem apenas uma casa no valor de R$ 250.000,00.

A candidatura de João Henrique está na situação de “aguardando julgamento”.