João Henrique registra candidatura a deputado estadual e pode gastar cerca de R$ 1,3 milhões na campanha

0
163
FOTO DO FACEBOOK PESSOAL

João Henrique Miranda Soares Catan (João Henrique), 34 anos, casado, registrado como natural de Campo Grande (MS), advogado, filiado no PL, cadastrado como da cor branca, registrou sua candidatura no TRE-MS (Tribuna Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) como candidato a deputado estadual. O limite de seus gastos na campanha eleitoral deste ano é de R$ 1.270.629,01.

Hoje morador de Campo Grande, João Henrique já disputou três eleições e está em seu terceiro partido político. Em 2016 foi candidato a vereador pelo PSDB de Campo Grande (MS) onde ficou como suplente. Em 2018 saiu candidato a deputado estadual pelo PR onde foi eleito. Em 2020 saiu candidato a prefeito de Campo Grande pelo PL e perdeu a eleição. Agora vai disputar a vaga de deputado estadual pelo PL.

No espaço reservado para o registro de bens junto ao TER-MS tem um total de bens registrados de R$ 500.281,62. Outras participações societárias de R$ 90.000,00; depósito bancário em conta corrente no País de R$ 1,00; outros bens e serviços de R$ 350.000,00; outras participações societárias de R$ 500,00; aplicação fixa (CDB, RDB e outros) de R$ 1,00; depósito bancário em conta corrente no País de R$ 59.779,62.

A candidatura de João Henrique está na situação de “aguardando julgamento”.

(MATÉRIA ATUALIZADA ÀS 9H34 DE 10/08/2022)