Jovem cai no golpe da Internet e perde R$ 500 via PIX em Paranaíba

0
309
FOTO: OLHAR DIGITAL

Um jovem de 20 anos de idade foi mais uma vítima do golpe pela Internet na sexta-feira (14), em Paranaíba.

A vítima pesquisou via WhatsApp um empréstimo pela Financeira Premium que provavelmente não existe. Uma pessoa que se passou por Tiago Torres pediu o RG, CPF e Comprovante de Endereço para dar continuidade à negociação. Também pediu um extrato bancário.

Após o recebimento dos documentos, o suposto Tiago disse que o empréstimo tinha sido aprovado e mandou um contrato com cinco folhas para a vítima assinar. O jovem imprimiu o contrato, assinou e mandou de volta. O tal de Tiago disse que tinha sido aprovado e iria mandar para o gerente.

O gerente, que se passou por Dr Demétrio, pediu para a vítima os três primeiros dígitos de seu CPF para dar continuidade no empréstimo e era para a vítima aguardar que tinha dado certo, mas teria de esperar 30 ou 40 minutos.

Logo em seguida, o suposto gerente passou um texto para a vítima dizendo que não tinha dado certo porque tinha que pagar o IOF no valor de R$ 1 mil. O jovem disse que não tinha a quantia e o suposto gerente ficou induzindo a vítima a pegar emprestado ou usar o cartão de crédito.

Depois, o estelionatário disse que o Banco Central tinha deixado o IOF pela metade. O jovem então pegou o dinheiro emprestado com sua mãe e mandou um PIX para uma conta indicada.

Passado alguns minutos, o golpista mandou um áudio dizendo que o Banco Central tinha rejeitado os R$ 500 e agora tinha que pagar o restante. Foi aí que a vítima viu que era um golpe e pediu a restituição do dinheiro quando o golpista disse que não poderia haver a quebra de contrato.

Ao final, a vítima disse que iria atrás dos seus direitos e o golpista só visualizou e não disse mais nada.