Luto no vôlei: morre Isabel dois dias após ser incluída na equipe de transição de Lula

0
135
Isabel com as filhas

Isabel marcou época no vôlei de praia e vôlei de quadra

O vôlei brasileiro perdeu, nesta quarta-feira, um dos seus ícones. Morreu Isabel Salgado, ex-jogadora e treinadora de vôlei e de vôlei de praia. A informação, segundo revelaram O Globo e Uol, foi confirmada por amigos da família.

A causa da morte de Isabel, 62 anos, foi uma síndrome respiratória aguda (Sara). Ela chegou a ser internada no Hospital Sírio-Libanês ontem, mas sofreu uma parada cardíaca nesta madrugada e não resistiu.

No último fim de semana, dois dos filhos de Isabel conquistaram medalhas na etapa de Uberlândia do Circuito Mundial de vôlei de praia: Carol e Pedro Solberg. Maria Clara, a outra filha e também jogadora, mora e joga atualmente nos Estados Unidos.

Carioca de nascimento, Isabel iniciou a carreira no vôlei no Flamengo e rapidamente se transformou em um dos grandes nomes de uma geração. Disputou duas edições de Jogos Olímpicos, em 80 (Moscou) e 84 (Los Angeles), em um período ainda amador do vôlei brasileiro. Também foi uma desbravadora, sendo a primeira jogadora brasileira a atuar na Europa, pelo Modena, no início dos anos 80. Voz ativa por melhorias e na busca pela profissionalização, Isabel marcou época por conta da posições fortes.

Após encerrar a carreira nas quadras, foi jogar vôlei de praia. Também foi uma das pioneiras da modalidade, formando dupla com Jackie Silva, ex-companheira de Seleção. Foi treinadora nas quadras (dirigido o time do Vasco no início dos anos 2000) e nas areias, sempre ao lado dos filhos.

Na segunda-feira, Isabel foi indicada para a pasta do esporte na equipe de transição do presidente Lula, ao lado de Ana Moser.

FONTE: https://webvolei.com.br/luto-no-volei-morre-isabel/#goog_rewarded

https://webvolei.com.br/luto-no-volei-morre-isabel/#goog_rewarded