Motorista de aplicativo é sequestrado e tirado de porta-malas pouco antes de carro ser tomado por chamas

0
355

Os três seriam deixados em um motel, mas quando se aproximaram do destino, a mulher pediu para o motorista fazer um desvio e ele foi então rendido pelos rapazes. O trabalhador foi vendado, obrigado a ir para o banco do passageiro e depois colocado no porta-malas.

Os bandidos passaram a dar voltas com o veículo e chegaram a falar que queriam o carro para levar para Ponta Porã.

Os suspeitos se assustaram quando viram viaturas da polícia por perto, passaram a andar em zigue-zague com o carro e pararam no canteiro central da avenida Ministro João Arinos. Enquanto uma equipe vistoriava o veículo, o motorista gritou por socorro, um militar ouviu e retirou a vítima. Em seguida, o automóvel entrou em chamas.

Os dois rapazes, de 18 e 29 anos, foram presos em flagrante. A mulher conseguiu fugir. A vítima teve o tênis, R$ 100 e o aparelho de celular roubados.