31.7 C
Paranaíba
domingo, 21 abril, 24
spot_img
spot_img
spot_img
InícioDestaques'Não bebe', diz defesa de garoto que processa Munhoz e Mariano por...

‘Não bebe’, diz defesa de garoto que processa Munhoz e Mariano por oferecer álcool no palco

Pai do adolescente pede indenização de R$ 500 mil.

Advogado de defesa do adolescente de 16 anos que processa a dupla sertaneja Munhoz e Mariano por terem dado uísque a ele durante um show – realizado em junho deste ano em Porto Murtinho – garante que o menino não havia ingerido bebida alcóolica antes de subir ao palco.

Em um vídeo gravado pelo público que assistia ao show da dupla, é possível ver o garoto sem camisa, no palco com os cantores. Em determinado momento, um dos sertanejos despeja uísque na boca do adolescente.

A defesa da dupla alega que o menino disse à produção do evento que era maior de idade e, por isso, teve autorização para subir ao palco. O advogado Douglas de Oliveira, que defende os sertanejos na ação, afirma que o garoto já tinha ingerido bebida alcóolica.

“Ele se apresentou como maior e estava ingerindo bebida alcóolica antes. Nós temos esse material e vamos apresentar no processo quando for feita a defesa. Estamos esperando o prazo, só temos obrigação de apresentar depois da audiência de conciliação”, pontua.

A defesa do menino, por outro lado, nega a afirmação. “O adolescente não bebe. Estão dizendo um monte de coisas. Os vídeos que existem são os que estão no processo. Eles não apresentaram nada porque o que estão dizendo são argumentações vagas”, garante o advogado Janes Couto Sanches.

O caso aconteceu no dia 14 de junho, em um evento do aniversário de 111 anos da cidade que fica a quilômetros de Campo Grande. O pai do adolescente diz que o filho sofreu coma alcóolico e teve que ser socorrido ainda durante o show.

O processo foi aberto na Vara Cível da Comarca Civil de Jardim, no dia 21 de agosto. O pai do menino pede indenização no valor de R$ 500 mil. O MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) ainda não se manifestou na ação.

Nessa terça-feira (19), os advogados de defesa do menor pediram que o processo seja colocado em segredo de justiça. “Queremos preservar o adolescente. Ele é um menino humilde com uma ação contra dois sertanejos que têm fãs pelo Brasil todo”, explica.

A audiência de conciliação está marcada para o dia 27 de novembro e será realizada por meio de videoconferência.

Fonte: Midiamax

Edição: Alex Queiroz

Principais notícias

Patas e Pelos – Alex Queiroz

- Publicidade -spot_img

MAIS LIDOS