Polícia Civil e SPPM realizam debate sobre enfrentamento à violência contra as mulheres

0
25

A Polícia Civil do Mato Grosso do Sul, em parceria com a Subsecretaria de Políticas Públicas para as Mulheres realizou, nesta terça-feira (17), um encontro com delegadas/delegado que atuam nas Delegacias de Atendimento à Mulher no Estado, para um bate-papo e troca de experiências com a delegada Renata Cruppi, da Delegacia de Defesa da Mulher de São Paulo (Demacro), que falou sobre os 15 anos da Lei Maria da Penha: desafios dos atendimentos em rede..

 O evento, que faz parte da campanha Agosto Lilás , contou com a colaboração da Acadepol, Adepol e DGPC, e serviu para debater temas em torno do fortalecimento das políticas de enfrentamento à violência contra mulheres e meninas.

Ao todo 17 delegadas, e um delegado, participaram do encontro, representantes da Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam), das Delegacias de Atendimento à Mulher (DAM), e Salas Lilás dos municípios do interior do Estado.

Estiveram presentes ao evento, a Delegada-Geral Adjunta da Polícia Civil – Rozeman Geise Rodrigues de Paula, o diretor da Acadepol – Academia de Polícia – Roberto Gurgel de Oliveira Filho e a subsecretária de Políticas Públicas para as Mulheres – Luciana Azambuja.

Na abertura do evento o diretor da Acadepol-MS, Roberto Gurgel destacou que, “é uma grande honra para nós receber a Delegada Renata na nossa casa, a academia de polícia, aqui voltamos a ser alunos e como é bom ser aluno, temos nossos momentos de conversa, de descontração, de dividir conhecimento. ”

Já a delegada-geral adjunta da Polícia Civil de MS Rozeman de Paula, reforçou a importância do encontro, além de falar um pouco da sua experiência na Polícia Civil. “É importante esse momento para falarmos de um assunto que a gente lida todo o dia, uma vez que daqui, dessa troca de experiências podemos ver o que está dando certo aqui, ou ali, de corrigir os caminhos do que a gente não conseguiu encontrar, por que as vezes eu fico quebrando a cabeça na minha unidade e a minha colega na dela, esse é o momento da alinharmos o nosso trabalho.”

Durante a palestra, a delegada Renata Cruppi alertou sobre violência doméstica e a importância da mulher na família, na sociedade e no mercado de trabalho. Apresentou projetos desenvolvidos na Delegacia a qual é titular, apontando a força da mulher na sociedade, bem como, sobre a necessidade de respaldar o homem, conscientizando-o e fortalecendo-o no âmbito emocional, para que entenda suas forças e fraquezas, reduzindo a violência no lar e a violência. Ainda, foi abordada à estrutura de atendimento das Delegacias da mulher (DDM) e rede de proteção integrada, além de mecanismos de ação direta da Guarda Civil Metropolitana, como parceira direta.

“Eu primeiramente quero agradecer ao Governo do Mato Grosso do Sul, pelo convite para que pudéssemos unir forças, pudéssemos dividir boas práticas e conversar sobre violência doméstica e familiar, também quero agradecer ao Governo do meu estado, que nos possibilitou esse intercâmbio de informações”, finaliza Renata Cruppi.

FONTE: POLÍCIA CIVIL