Polícia Militar Ambiental autua em R$ 10 mil mulher de 32 anos detida pela PRF por tráfico de filhotes de papagaios

0
16

Campo Grande (MS) – O período de agosto a dezembro é preocupante com relação ao tráfico de animais silvestres, pois é o período reprodutivo dos papagaios que é o animal mais traficado no Estado. A PMA mantém trabalhos preventivos nas propriedades rurais para prevenir a retirada dos animais e aliciamentos de funcionários de fazendas e assentados pelos traficantes, para a retirada dos filhotes e há três anos desenvolve a operação Bocaiúva voltada à prevenção à retirada dos papagaios dos ninhos, em conjunto com o IBAMA.

Neste período crítico, os outros órgãos de segurança formam também força conjunta neste trabalho fundamental contra o tráfico, que em Mato Grosso do Sul resume-se praticamente aos filhotes de papagaios, especialmente, na região de divisa do estado de São Paulo e um pouco menos na divisa com o estado do Paraná.

Hoje (25), Policiais Militares Ambientais de Bataguassu que trabalham na operação Bocaiúva foram acionados pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) e autuaram administrativamente (multa ambiental) uma mulher de 32 anos, que estava com dois filhotes de papagaios ilegalmente, em seu veículo Chevrolet Onix abordado no km 18 da BR 267. A mulher foi detida pela PRF e responderá por crime ambiental e poderá pegar pena de seis meses a um ano de detenção.

A mulher informou que pegou os animais em Ponta Porã e levaria para sua cidade. A PMA autuou administrativamente a infratora, residente em Mogi Mirim (SP), e arbitrou multa de R$ 10.000,00. A multa será julgada pelo órgão ambiental de Mato Grosso do Sul (Imasul). As aves serão encaminhadas ao Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS) na Capital.

FONTE: PM MS