Polícia Militar Ambiental de Aparecida do Taboado fiscaliza rios com drone e apreende petrechos ilegais de pesca

0
48

Campo Grande (MS) – Policiais Militares Ambientais de Aparecida do Taboado estão realizando fiscalização preventiva à pesca, durante a operação piracema, nos rios Paranaíba, Barreiro, Santana e afluentes. Os Policiais estão utilizando drones, especialmente para evitar a pesca com petrechos ilegais em pontos em que os cardumes ficam mais vulneráveis à pesca predatória. O uso desses aparelhos é importante na fiscalização na região, em virtude de que muitos pescadores que praticam pesca predatória são informados via telefone da presença da fiscalização.

Hoje (24) pela manhã, durante o patrulhamento fluvial, os Policias localizaram e retiraram uma rede de pesca (petrecho ilegal), medindo 250 metros. Durante a retirada das redes foram soltos alguns exemplares de peixes que estavam vivos nos petrechos ilegais e recolhidos alguns peixes que tinham morrido e não estavam em condições de consumo. Os proprietários dos petrechos ilegais não foram identificados.

Se identificado, o pescador responderá por crime ambiental de pesca predatória. A pena para este crime é de um a três anos de detenção. Será também multado administrativamente em valor de R$ 700,00 a R$ 100.000,00. A PMA continuará em fiscalização preventiva, fundamental para evitar a depredação dos cardumes, especialmente com uso deste tipo de equipamento ilegal que tem alto poder de captura, principalmente neste período reprodutivo em que os cardumes são mais vulneráveis.

Fonte: ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL – PMMS