Polícia Militar atende duas situações de violência doméstica em Paranaíba

0
269

Nesse final de semana (19), policiais militares realizaram dois atendimentos de ocorrências circunstanciadas por violência doméstica em Paranaíba, ambas com indivíduos agredindo suas esposas.

Veja mais detalhes!

No sábado, por volta das 22 horas, diversas denúncias anônimas foram recebidas através do telefone 190, onde os solicitantes diziam que um indivíduo, que já se encontrava usando tornozeleira eletrônica, estava agredindo sua esposa. De acordo com as denúncias, a mulher gritava por socorro e ela teria sido arrastada da rua para dentro da residência, onde o agressor teria pisado em seu pescoço.

Rapidamente, a equipe policial foi até a casa localizada no Jardim América e, depois de muita insistência, a jovem de 21 anos saiu da casa, não possuía lesões ao olhar externo, mas se encontrava com fisionomia abatida e aparentando ter chorado muito. A mulher negou ter sido agredida e disse que ela e seu esposo estavam brincando.

O homem também negou ter agredido a jovem. Diante da negativa da vítima e da falta de materialidade, os policiais não encaminharam o suspeito para a delegacia, mas confeccionaram uma ocorrência informando a autoridade policial o fato denunciado, tendo em vista que o suspeito se encontrava em cumprimento de pena em regime aberto por ter cometido feminicídio em Paranaíba.

No domingo, por volta das 02 horas, uma situação de perturbação do sossego foi informada e os policiais militares foram até a Rua Antônio Miziara, no centro, onde puderam visualizar a poucos metros do local, um indivíduo desferindo socos contra a mulher. Os policiais foram até o casal e verificaram que a mulher de 33 anos possuía lesões no rosto.

A mulher não quis representar contra o esposo, no entanto, diante do fragrante feito pelos policiais e das lesões constatadas na cidadã, os policiais deram voz de prisão ao indivíduo e o levou para a delegacia para que ele responda pela lesão corporal em sua esposa.

Fonte: PMMS