Presidente ressalta parceria da ALEMS no fortalecimento da Segurança Pública

0
18

Com a parceria da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS), a Segurança Pública estadual ganhou mais um reforço nesta segunda-feira (10). Hoje, 224 formandos iniciam uma carreira na Polícia Civil de Mato Grosso do Sul (PCMS). O presidente da ALEMS, deputado Paulo Corrêa (PSDB), participou da formatura, transmitida remotamente em uma live. 

O presidente da Casa de Leis ressaltou a necessidade de decisão política para o fortalecimento da Segurança Pública. “É dia de comemoração, e para quem começou há seis anos, estão de parabéns, com todo o empenho nessa pandemia, e isso teve início pois houve um negócio chamado decisão política, quando em todos os lugares que íamos, o que a população pedia era Segurança Pública, e Reinaldo Azambuja teve a decisão política de investir em nossa Segurança Pública. Hoje em Mato Grosso do Sul, temos uma segurança pública de qualidade, inteligência e resolutividade, a melhor Polícia Civil do Brasil”, destacou Paulo Corrêa.

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) elogiou o trabalho da Segurança Pública e destacou a parceria com a Assembleia Legislativa.  “Fico muito contente com o trabalho do presidente Paulo Corrêa, enquanto presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, que nos deram as condições de nós estruturarmos a Segurança Pública efetiva de resolutividade, com os ótimos números e resultados que temos em Mato Grosso do Sul, na redução dos índices de criminalidade e no fortalecimento das estruturas de segurança pública”, frisou o governador.   

Antônio Carlos Videira, secretário de Estado de Segurança Pública (SEJUSP), agradeceu aos instrutores da Acadepol, pelo momento atípico. “Os alunos já executaram os estágio em maio a pendemia, foi a primeira vez que isso aconteceu, geralmente tem a fase da academia e o estágio na sequencia, foi muita coragem do Governo do Estado nos autorizar e confiança para desempenharmos essa missão que foi um sucesso, tanto que hoje entregamos para a população de Mato Grosso do Sul, mais policiais civis”, considerou.

Adriano Garcia, delegado-geral da Polícia Civil, ressalta a importância ímpar desta formatura. “São 224 formandos, que hoje são chamados a exercer duas características em seus ambientes de trabalho: empatia e resiliência”, completou.

Eduardo Riedel, paraninfo da turma, também ressaltou a parceria com a Casa de Leis. “O presidente Paulo Corrêa, que representa a Casa de Leis, tem trabalhado muito por todo o Estado, isso é fundamental. Dirijo-me a todos os formandos, que de agora em diante vão contribuir muito para a Segurança Pública do Estado, nossa polícia civil é reconhecida em todo o País. Desejo a todos sucesso e que tenham a determinação necessária. Sou muito honrado por ser paraninfo dessa turma, podem contar comigo”, reiterou.

Curso

Os novos policiais civis integram a turma de aprovados do último concurso público para provimento de cargos da Polícia Civil de Mato Grosso do Sul, realizado em 2017. Foram oito meses de aulas e estágio na Acadepol. Também  estágio supervisionado nas delegacias da Capital e atividades práticas e operacionais, como tiro e defesa pessoal.

PMMS