31.8 C
Paranaíba
segunda-feira, 24 junho, 24
spot_img
spot_img
spot_img
InícioBrasilPreso por agressão a bebê em MS afirma que filha estava ensaboada...

Preso por agressão a bebê em MS afirma que filha estava ensaboada e escorregou

Criança teria caído e se machucado pelo menos quatro vezes antes de pai ser preso

O homem, de 20 anos, preso por agredir a própria filha de 1 ano, batendo a cabeça dela no tanque da residência, no bairro Tarumã, em Campo Grande, disse que a filha estava ensaboada quando escorregou e bateu a testa.

Show da Manhã – Alex Queiroz

Em depoimento na delegacia, ele confessou que chegou a dar um tapa de leve na perna da filha e que a bebê costuma cair muito. Ele afirma que esse tapa foi o momento em que a vizinha viu, porém, afirma que não costuma bater na bebê e apenas a repreende verbalmente. 

No dia anterior ao fato, ela havia caído do sofá e batido o rosto no chão. Já na data do flagrante, a bebê caiu da cama quando tentava descer. Depois estava brincando dentro de casa quando a bicicleta caiu em cima dela. 

No mesmo dia, na hora do almoço, como a filha estava muito suja, resolveu dar banho no tanque do lado de fora de casa. Ela estaria ensaboada, escorregou e caiu batendo a testa no tanque.

A bebê está com a mãe e a avó materna. Uma medida protetiva contra o pai foi emitida para que ele fiquei longe da filha.

Difusora FM – Alex Queiroz

Avó materna nega as agressões

sogra do autor, avó da bebê nega as acusações e afirma que o genro foi preso vítima de uma ‘denúncia falsa’ feita por vizinhos ‘encrenqueiros’ envolvidos em discussões. Ela afirmou ao Jornal Midiamax nesta quarta-feira (15) que a própria vizinha disse que iria ‘lascar’ com a vida do casal, e que o genro ‘jamais agrediria a esposa ou filha’.

Segundo relato da mulher, no dia anterior à denúncia, os pais da bebê, de 20 e 17 anos, haviam discutido com uma vizinha por conta de som alto. Enfurecida, a vizinha disse que ‘iria lascar com a vida da família’. Do mesmo modo, o marido dela também fez ameaças, dizendo que ‘daria um tiro na cara’ dos pais da bebê, segundo a avó. A vizinha ainda teria reafirmado a frase no dia seguinte, após a denúncia. “Não falei que ia ferrar com a vida de vocês?”, teria dito.

A avó materna da criança contou que a bebê tem alergia ao calor, inclusive tem bolinhas no couro cabeludo com frequência por conta do tempo quente e que, por isso, sempre toma banho no tanque. Conforme ela diz, no dia da prisão, ela teria escorregado e caído.  

“Se um pai pegar e socar a cabeça de uma bebê no tanque, o bebê morre. Ela é pequena, magrinha. O machucado é da queda, não de agressão”, afirma.

A sogra diz ainda que o homem não é agressivo, nunca bateu na esposa, muito menos na criança. “Ele é um pai e um marido amoroso, não tem antecedentes. Eles já moraram um tempo comigo e nunca vi nada anormal. É um bom filho, educado. Eu jamais defenderia se ele fosse uma má pessoa, um marido ruim, um mau pai”, defende a avó da bebê.

Midiamax

Principais Notícias

Laboratório Labpar – Alex Queiroz
- Publicidade -spot_img

MAIS LIDOS