Reinaldo Azambuja prestigia posse de 14 juízes substitutos

0
13

Na noite desta quarta-feira (15), o governador Reinaldo Azambuja prestigiou a posse dos 14 juízes substitutos aprovados no 32º Concurso Público e recebeu o reconhecimento e o agradecimento do presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Carlos Eduardo Contar, pela parceria institucional que permitiu ampliar o número de novos magistrados.

De acordo com o desembargador, apesar do edital de abertura ter disponibilizado 10 vagas para o cargo de juiz substituto, foi possível chamar 14, graças à parceria institucional entre os poderes. 

“Graças a competente gestão do Governo do Estado, da sua competente equipe, e da Assembleia Legislativa, foi possível o Poder Executivo Estadual dar mais previsibilidade na gestão orçamentária. Receba então, governador, os nossos agradecimentos pela parceria com poderes públicos”, disse.

Contar destacou ainda que o concurso teve 5,2 mil inscritos e 3.906 participantes no certame, mesmo em meio a uma pandemia. Os novos juízes farão curso de formação inicial oferecido pela Escola Judicial de MS (Ejud-MS), no período de 16 de setembro a 17 de dezembro. Após o recesso forense, no dia 7 de janeiro de 2022, os magistrados começarão a judicar efetivamente.

Foram empossados os novos juízes Laísa de Oliveira Ferneda, Fernanda Pettersen de Lucena, Thiago Notari Bertoncello, Larissa Ribeiro Fiuza, Bruce Henrique dos Santos Silva, Mayara Luiza Schaefer Lermen, Rafael Condé Tostes, Lídia Geanne Ferreira e Cândido, César David Maudonnet, Eduardo Augusto Alves, Ricardo Adelino Suaid, Luís Augusto Tuon, Fernanda Giacobo e Camila Neves Porciúncula.

Também participaram da cerimônia de posse o Procurador-Geral de Justiça, Alexandre Magno Benites de Lacerda, e o 1° vice-presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Rocha e o Procurador-Geral de Justiça, Alexandre Magno Benites de Lacerda, entre outras autoridades.

Novos juízes foram empossados nesta noite de quarta-feira
Cerimônia foi realizada no plenário do Tribunal de Justiça

FONTE: PORTAL DO MS