SED realiza 5ª Teia da Educação 2021 com gestores de unidades da CRE-10 Paranaíba

0
57

Diretores de 17 unidades escolares e 06 extensões, da CRE 10, participaram da Teia da Educação, “Gestão Colaborativa, Educação Presente”, no “Cristina Ovídio Eventos” –centro do município.

Os gestores de 17 unidades escolares e 6 extensões que fazem parte da Coordenadoria Regional de Educação de Paranaíba (CRE-10), participaram, na manhã desta terça-feira (23.11), da reunião técnico-pedagógica da 5ª edição da Teia da Educação 2021 – “Gestão Colaborativa, Educação Presente”, promovida pela Secretaria de Estado de Educação.

Após encontros em Aquidauana, Campo Grande (metropolitana), Dourados, Coxim e Ponta Porã, Jardim, Corumbá, Naviraí e Nova Andradina, a Teia da Educação 2021, foi realizada com gestores da CRE-10, sede Paranaíba, responsável por 11,3 mil estudantes atendidos nas instituições da Rede Estadual de Ensino localizadas na região.

Dos estudantes matriculados na jurisdição da CRE-10, cerca de 850 discentes estão inseridos no ensino em tempo integral, através do Programa “Escola da Autoria”, em 6 unidades, EE Frei Garibaldi (Ap. do Taboado), EE Hermelina Leal (Cassilândia), EE Rui Barbosa (Cassilândia), CEEP Arlindo Neckel (Chapadão do Sul), EE dr. Ermírio Leal (Paranaíba), EE Wladislau Gomes (Paranaíba). Em 2022, a oferta do Programa “Escola da Autoria”, contará com mais 02 unidades escolares, EE Augusto Krug (Chapadão do Sul), EE Aracilda da Costa (Paranaíba).

A Coordenadoria Regional de Educação de Paranaíba é gerida pela professora Maria Aparecida Eufrásia da Silva (Cidinha) e coordenador adjunto Fernando Henrique Cassiano, são 06 municípios, Chapadão do Sul (3 escolas e 2 extensões), Aparecida do Taboado (3 escolas), Cassilândia (3 escolas e 2 extensões), Inocência (2 escolas e 2 extensões), Paranaíba (5 escolas e 2 extensões), Paraíso das Águas (1 escola).

A coordenadora da CRE-10 Maria Aparecida explanou aos gestores jurisdicionados a importância de ter na reunião técnico-pedagógica com a presença da secretária de Estado de Educação, “nos sentimos confiantes e realizados em ter uma secretária que faz a diferença na educação de MS e do Brasil. Sinta-se acolhida, Paranaíba a recebe de braços abertos, a secretária que mais veio ao município, marca de sua gestão, no início havia apenas uma escola em tempo integral, hoje nossa região terá, em 2022, 9 escolas ofertando educação em tempo integral. Agradecimento especial aos nossos gestores pela responsabilidade da gestão escolar, por trabalhar e manter a aprendizagem de nossos estudantes, juntamente com esta equipe afinada da SED”, enfatiza Cidinha

Apresentação Cultural

Iniciando a Teia da Educação, houve apresentação cultural da estudante Rilary Coronel de Paula, 16 anos, matriculada no 2º ano do Ensino Médio na EE José Garci Leal, apaixonada pela música desde pequena, foi na escola que realizou suas primeiras apresentações cantando e tocando violão.

Hilary é cantora e compositora com performance nos ritmos Indi, POP, MPB entre outros. É uma garota determinada e talentosa que almeja uma carreira solo. Vencedora do FESMORENA (Festival de Música Escolar Autoral da TV Morena). Já participou com sua voz doce e firme de “lives” promovidas pela Secretaria Municipal de Cultura do município, de apresentações escolares, como o Família e Escola e, também, em produções de vídeos musicais para canais no You Tube e Instagram.

Investimento na região

Somente na região da CRE-10 as unidades escolares já contam com mais de R$ 18,5 milhões investidos, em reformas e outras intervenções, desde o início da atual gestão, sendo que em Aparecida do Taboado: R$ 6,8 milhões, Chapadão do Sul: R$ 6,6 milhões, Cassilândia: R$ 1,4 milhões, Paraíso da Águas: R$ 1,3 milhões, Paranaíba: R$ 1,1 milhão, Inocência: R$ 1 milhão.

Na abertura da Teia da Educação, a secretária de Estado de Educação, Cecília Motta relatou aos gestores, o desempenho da Coordenadoria Regional no tocante as orientações sobre o retorno às atividades presenciais e apresentou aos gestores o cenário educacional no contexto da pandemia COVID_19, com situação da educação no país, o impacto com a crise educacional no prejuízo à aprendizagem, panorama no mundo, a importância do retorno para garantia dos direitos dos discentes.

Secretária relatou sobre o Plano Nacional de Educação, “o plano de Mato Grosso do Sul foi o mais ousado, reflexo do compromisso que o Governo de MS tem com os estudantes da REE, nossa Teia da Educação, que está na quinta edição, tem a função de teia humana, de se desenvolver, de formação, em prol a aprendizagem das nossas crianças e adolescentes e a melhoria da qualidade da educação estadual. MS é exemplo de diversas ações, referência no Brasil, o que fazemos com excelência socializamos para todas as secretarias, reflexo de uma equipe coesa e determinada”, relata secretária.

Investimentos em MS

Governo de MS tem realizado ações determinantes, no âmbito educacional, por determinação do governador Reinaldo, ao todo, já foram beneficiadas 270 unidades escolares da REE, desde 2015, com mais de 660 intervenções realizadas (entre reformas, obras em geral, readequações nas redes hidráulica e elétrica, pintura e acessibilidade). Desde o início da atual gestão, foram mais de R$ 350 milhões investidos até o momento e estão previstos mais R$ 150 milhões para 2022”, lembrou secretária.

Dos diversos investimentos do Governo de MS na Rede Estadual de Ensino está o programa “Escola da Autoria”, que contempla a mudança no sistema de ensino, “até o final de 2022, praticamente 60% das 347 escolas de MS passarão para sistema de ensino em tempo integral”, finalizou Cecilia Motta.

Recomposição da Aprendizagem

O superintende de Políticas Educacionais Hélio de Queiroz Daher, em seu discurso aos gestores da CRE-9, lembrou “da garantia de um plano simples, organizado e de acordo com a realidade de cada unidade escolar”, ao abordar sobre Plano de Recomposição de Aprendizagem da Rede Estadual de Ensino de Mato Grosso do Sul (PRA-MS).

O PRA/MS tem como referências a matriz de referência de Avaliação Estadual, foco de habilidades essenciais do Instituto Reúna para o Ensino Fundamental (Língua Portuguesa, História, Geografia, Matemática e Ciências), habilidades essenciais do Currículo de Referência de MS para o EF (Arte, Educação Física e Língua Portuguesa), habilidades essenciais do Referencial Curricular de MS para o Ensino Médio, avaliação diagnóstica, escuta ativa e contribuições do grupo estudantil da SED.

Na recomposição da aprendizagem são utilizados os espaços já disponíveis no emprego de tempo e servidores, emprego de espaços, como bibliotecas, laboratórios, salas tecnológicas; Ferramentas tecnológicas, como WebSED, G Suit For Education, videoaulas, entre outros, além de emprego de novos recursos, com ampliação de carga horário de servidores já disponíveis, preparatório online para ENEM e Vestibulares, Plataforma Letrus, bem como novas ações como grupos de estudos integrados de verão e inverno, durante férias e aos sábados, em parceria com universidades.

Novo Ensino Médio

O coordenador de Políticas para o Ensino Médio e Educação Profissional, Davi Oliveira dos Santos, ao mencionar sobre o Novo Ensino Médio, lembrou que na última terça-feira (16.11) iniciou o período de atualização cadastral, permanência e pré-matrícula na Rede Estadual de Ensino, para o Ensino Médio. Das 347 unidades escolares da Rede Estadual, 122 escolas estão participando como escola piloto com a proposta pedagógica do Novo Ensino Médio.

“Ano que vem teremos duas ações distintas, as escolas piloto, que operacionalizaram itinerários informativos, terão parte desenhada pela escola escolhendo área de conhecimento no NEM. Já as escolas não piloto, darão o primeiro passo com todos os itinerários formatados pela SED, com temáticas ofertadas pelo órgão central, com apresentação em reunião técnica”, enfatiza Davi Oliveira

A proposta de mudança desta importante etapa de formação está prevista no Plano Nacional de Educação desde 2014 e a implementação oficial ocorrerá no ano de 2022, em toda a Rede Estadual de Ensino de Mato Grosso do Sul.
Seu surgimento deve-se às alterações recentes da Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB) em 2017, das novas Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio (DCNEM) e da elaboração da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) para o Ensino Médio em 2018.
O Novo Ensino Médio é uma resposta às novas necessidades dos jovens brasileiros, buscando garantir que os estudantes saiam da escola preparados e com conhecimentos que se adequem aos seus objetivos.

Planejamento

Os gestores escolares puderam acompanhar as explanações da superintendente de Administração das Regionais, Mary Nilce Peixoto dos Santos e do coordenador de Gestão Escolar, Adalberto Nascimento.

Adalberto Nascimento, durante o encontro, explanou aos diretores jurisdicionados   sobre a discussão em andamento da eleição dos grêmios estudantis da REE, atuação da COGES, protocolo de volta às aulas, além do manual de orientações para os gestores da rede, ações do monitoramento escolar.

Coordenador relatou aos diretores sobre a abertura de concurso para os profissionais da Rede, com a oferta de 722 vagas, que será realizado – em fevereiro de 2022 – para os profissionais que desejam ingressar na Rede Estadual como efetivos, nas vagas para anos finais do Ensino Fundamental [6º ao 9º ano] e Ensino Médio.

Adalberto Nascimento enfatizou aos gestores da CRE-8 que todas 347 escolas da Rede Estadual de Ensino (REE), localizadas nos 79 municípios de Mato Grosso do Sul, receberam 02 microcomputadores para atividades administrativas nas suas respectivas secretarias. Ao todo são 1000 computadores, com investimento no montante de R$ 4.899.000,00.

Na prática, com essa nova aquisição, as escolas poderão aprimorar o atendimento como um todo. Na secretaria da escola, os servidores poderão coletar – e fornecer ao Censo Escolar – informações sobre as turmas, estudantes e profissionais docentes, bem como toda a documentação da unidade escolar. Com essas informações obtidas de forma mais precisa, maior é a exatidão do repasse do Fundeb encaminhado para o Estado, por intermédio do Governo Federal.

Teia da Educação

Marca da atual gestão da Educação de Mato Grosso do Sul, neste segundo semestre de 2021 a 5ª Teia da Educação, já passou pelas regionais de Aquidauana, Campo Grande (metropolitana), Dourados e Coxim, Ponta Porã, Corumbá, Naviraí, Nova Andradina e agora.

Com o tema “Gestão colaborativa, Educação presente”, a iniciativa leva a equipe da SED para percorrer todas as regiões do Estado, promovendo palestras, orientações e atendimentos aos gestores escolares da Rede Estadual de Ensino. Os próximos encontros da Teia da Educação 2021 acontecem nos municípios, Três Lagoas nesta quarta-feira (24.11), às 8h, no Pappilon Eventos – rua Elmano Soares, n. 439, Centro e a Teia da Educação 2021 encerra no dia 30 de novembro, em Campo Grande, no Centro de Formação Professora Doutora Mariluce Bittar.

FONTE:SED