17.8 C
Paranaíba
sexta-feira, 19 julho, 24
spot_img
spot_img
spot_img
InícioCidadeUEMS cadastra emenda para construção de Restaurante Universitário em Paranaíba

UEMS cadastra emenda para construção de Restaurante Universitário em Paranaíba

Próximo passo é busca de recursos para construção de laboratórios e viabilização de área para curso de Medicina.

A UEMS já inseriu na emenda de bancada federal o valor de R$ 2 milhões para construção do Restaurante Universitário, segundo informou o reitor Laércio de Carvalho, durante entrevista à rádio Difusora. Ele explicou que a emenda foi cadastrada no dia 6 de setembro. “Agora é realidade o R.U.”, afirmou o reitor, durante a entrevista, acompanhado do prefeito Maycol Queiroz.

“Foi um compromisso que a Prefeitura assumiu, aprovando junto à Câmara dos Vereadores. É a primeira etapa de avanço em direção a novos cursos. A demanda dos acadêmicos de Direito, Pedagogia e Ciências Sociais era por um restaurante universitário”, ressaltou o reitor.

A UEMS está construindo pela primeira vez Restaurantes Universitários em quatro cidades: Dourados, Campo Grande, Paranaíba e Aquidauana, informou Laércio. De acordo com o reitor, o R.U. será dimensionado para fornecer em torno de 1.000 a 1.100 refeições diariamente.

“Agora, o próximo passo é a gente ir atrás dos recursos para a gente viabilizar a construção de laboratórios que possa abrigar um provável curso de Medicina”, acentuou. O reitor revelou que já existe um levantamento preliminar que indica a necessidade de aproximadamente R$ 10 milhões para construir e equipar laboratórios.

“Vamos em busca da bancada para garantir essa etapa dos laboratórios e viabilizar a área para que a gente possa construir o tão sonhado curso de Medicina. Após a viabilização dos recursos para laboratórios, a UEMS vai elaborar a proposta de projeto pedagógico, uma vez que o município dispõe de infraestrutura de saúde”, assegurou Laércio de Carvalho.

O prefeito Maycol Queiroz agradeceu a bancada federal pelos recursos para o Restaurante Universitário que será construído ao lado da UEMS, em terreno cedido pelo município, em área de 600 m2. “O terreno já está escriturado em favor da UEMS”, confirmou.  Ele prevê que o benefício do R.U. possa ser usufruído não só pelos alunos da UEMS, mas também por universitários de outras instituições, dependendo da demanda.

Cauteloso, uma vez que Dourados também está na briga pelo curso de Medicina, o prefeito assegura que cumprirá todos os passos para essa conquista, enfatizando que uma questão preocupante será a oferta de professores. “Para isso, temos disponibilidade de buscar professores nas cidades vizinhas do interior de São Paulo, como fato competitivo”, comentou Maycol.

Edição: Alex Queiroz

Principais notícias

Posto Costa

- Publicidade -spot_img

MAIS LIDOS