Vizinhos tentaram quebrar janela para salvar idosa que morreu carbonizada em MS

0
117

Vizinhos da idosa de 72 anos, Iva Maria Ferreira Stuani, que morreu carbonizada tentando apagar o incêndio de sua casa, no bairro Vila Morumbi, em Campo Grande, com baldes de água, tentaram ajudar a moradora a sair da casa em chamas, mas como o fogo se alastrou rapidamente não conseguiram salvar a vítima. 

Um protético, de 54 anos, disse que a idosa morava no local há aproximadamente 20 anos, e que um descuido teria sido a causa do incêndio que acabou na sua morte. Ele contou que os vizinhos ao perceberem que havia pessoas na casa tentaram quebrar janelas para salvar as vítimas, mas Iva acabou morrendo carbonizada.

Ele contou que ela aparentava estar deprimida depois da morte de um filho ocorrida há 2 meses e que tinha o costume de acender velas para o filho. O protético disse acreditar que essa teria sido a causa do incêndio, e como no local havia muito entulho as chamas se alastraram rapidamente.

Inicialmente, havia a suspeita de que o ex-marido da idosa teria colocado fogo na casa, já que ela tinha registrado um boletim de ocorrência contra ele. Mas a causa teria sido mesmo acidental. 

O incêndio começou por volta das 21 horas desta quarta-feira (7), quando todos estavam em casa, sendo que a filha da idosa estava deitada no quarto e Iva estava na sala, quando o neto da vítima correu até a sua mãe gritando, “Mamãe, está pegando fogo”. 

Nisso, tanto Iva quanto a filha foram para a cozinha e com baldes tentavam apagar o fogo, que estava se espalhando. A mulher pediu para que o filho fosse até o banheiro e ligasse o chuveiro. Ela e o menino se abrigaram no banheiro, mas Iva continuou tentando apagar as chamas ficando presa no cômodo e morrendo carbonizada.  De dentro do banheiro, a filha da idosa ligou para o Corpo de Bombeiros pedindo ajuda. Quando os bombeiros chegaram já não era possível mais salvar Iva, que teve 100% do corpo carbonizado.

A porta de frente da casa estava obstruída por um sofá, e somente a porta dos fundos era o acesso de saída, justamente onde se concentrou o incêndio. Como a casa tinha muitos entulhos, o incêndio pode ter sido acidental. Foi encontrada uma arma em meio aos entulhos queimados que foi apreendida pela perícia. A arma, segundo a filha de Iva, era de seu pai.

MIDIAMAX