Alerta de vendaval vai para 56 municípios de MS

0
478
Vento forte registrado na região central de Campo Grande (Foto: Paulo Francis/Arquivo) - CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

Além de fortes ventos, estado segue em situação crítica para baixa umidade relativa do ar

O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) emitiu um alerta de vendaval para 56 cidades de Mato Grosso do Sul. O aviso e válido entre o meio-dia desta segunda feira (15) até o meio-dia desta terça-feira (16). A previsão é de ventos entre 40 e 60 quilômetros por hora, o que pode ocasionar queda de galhos de árvores.

Por conta disso, o instituto orienta que em caso de ocorrência das rajadas de vento a população não busque abrigo debaixo de árvores devido ao risco de queda e descargas elétricas. Além disso, a recomendação é que motoristas não estacionem seus veículos próximo a torres de transmissão e placas de publicidade. Em caso de emergência, buscar auxilia junto à Defesa Civil ou ao Corpo de Bombeiros.

Região em alerta para fortes rajadas de ventos (Imagem: Reprodução)

O alerta de fortes ventos é valido para as seguintes cidades: Amambai; Anastácio; Angélica; Antônio João; Aquidauana; Aral Moreira; Bandeirantes; Batayporã; Bela Vista; Bodoquena; Bonito; Caarapó; Campo Grande; Caracol; Corguinho; Coronel Sapucaia; Corumbá; Deodápolis; Dois Irmãos do Buriti; Douradina; Dourados; Eldorado; Fátima do Sul; Glória de Dourados; Guia Lopes da Laguna; Iguatemi; Itaporã; Itaquiraí; Ivinhema; Japorã; Jaraguari; Jardim; Jateí; Juti; Ladário; Laguna Carapã; Maracaju; Miranda; Naviraí; Nioaque; Nova Alvorada do Sul; Nova Andradina; Novo Horizonte do Sul; Paranhos; Ponta Porã; Porto Murtinho; Ribas do Rio Pardo; Rio Brilhante; Rio Negro; Rochedo; Sete Quedas; Sidrolândia; Tacuru; Taquarussu; Terenos e Vicentina.

Além do vendaval, todo o território sul-mato-grossense segue em alerta para a baixa humidade relativa do ar, variando entre 20% e 12%. Aumentando os riscos de incêndios florestais e causando problemas a saúde, como: ressecamento da pele, desconforto nos olhos, boca e nariz.

É recomendado beber bastante líquido, evitar desgaste físico nas horas mais secas e evitar exposição ao sol nas horas mais quentes do dia.

FONTE: CAMPO GRANDE NEWS