21.7 C
Paranaíba
quarta-feira, 21 fevereiro, 24
spot_img
spot_img
InícioDestaquesBrasileiros fazem manifestação em favor da Palestina na fronteira: 'Queremos paz'

Brasileiros fazem manifestação em favor da Palestina na fronteira: ‘Queremos paz’

A manifestação reuniu cerca de 250 pessoas incluindo ainda libaneses, sírios e indianos em frente ao Parque dos Ervais.

Aos gritos de “pela paz da Palestina” e “Palestina livre”, cerca de 250 pessoas fizeram uma manifestação em Ponta Porã (MS), município que fica na fronteira entre o Brasil e o Paraguai, pedindo o fim da guerra e dos bombardeio na Faixa de Gaza.

Um dos líderes da Associação Muçulmana da Fronteira, Ali Melhem, participou da manifestação e defendeu a busca de soluções pacíficas para o conflito. “Queremos viver em paz, assim como somos recebidos no Brasil”, declarou.

Esta não é a primeira manifestação em prol da Palestina que ocorre no Estado. Outras semelhantes foram realizadas em Corumbá e em Campo Grande.

Evento reuniu árabes, palestinos, libaneses, sírios, indianos, brasileiros e paraguaios. — Foto: Marcelino Nunes

“Que essa mobilização seja apenas o começo de um movimento ainda mais forte em prol da paz e da justiça na Palestina. Juntos, podemos fazer a diferença e lutar por um mundo onde todos possam viver em harmonia”, conclui Melhem.

Guerra

O grupo extremista islâmico armado Hamas bombardeou Israel na manhã do dia 7 de outubro, pelo horário local, em um ataque surpresa considerado um dos maiores sofridos pelo país nos últimos anos.

O conflito entre Israel e Palestina já dura décadas. Em sua forma moderna, remonta a 1947, quando as Nações Unidas propuseram a criação de dois Estados — um judeu e um árabe — na Palestina, sob mandato britânico. A proposta foi aceita pelos líderes judeus, mas rejeitada pelo lado árabe e nunca foi implementada.

O número de mortos no conflito entre Israel e o Hamas já é o mais mortal em Gaza em toda a história, e o pior em 50 anos para Israel.

São mais de 6 mil pessoas morreram no conflito entre Israel e Hamas, conforme os últimos dados disponíveis. Segundo o Ministério da Saúde do Estado da Palestina, o conflito deixou 4.651 mortos e 14.245 feridos na Faixa de Gaza. Em Israel, são 1,4 mil mortos, a maioria no ataque de 7 de outubro.

Fonte: G1 MS

Principais notícias

- Publicidade -spot_img

MAIS LIDOS