Com 100% da UTI ocupada, prefeitura libera cultos, missas e aumenta aglomeração para 15 pessoas

0
771

A prefeitura Paranaíba emitiu um novo decreto nesta sexta-feira (11) flexibilizando as medidas impostas no decreto do dia 18 de agosto de 2020. Entre as mudanças está o retorno da realização de missas e cultos na cidade.

IGREJA DO SANTO ANTÔNIO FOTO: DIVULGAÇÃO

As missas e cultos religiosos deverão obrigar a utilização de máscaras dos fiéis, inclusive o ministrante, e o distanciamento mínimo de 1,5 m entre cada pessoa, disponibilização de álcool 70% na entrada ou pia e detergente para a lavagem das mãos; aumentar a frequência de limpeza dos banheiros, corrimãos e maçanetas; o local precisa estar permanentemente arejado com ventilação natural; será permitido o limite máximo de 30% da capacidade de público de cada prédio; vedar a entrada nas celebrações de pessoas que apresentam sintomas gripais e apresentar o Plano de Contenção Individual de Riscos para análise do Comitê Municipal de Prevenção e Enfrentamento ao Coronavírus – COVID-19, com a metragem do Templo, sendo válidos planos já apresentados e aprovados.

O decretou aumentou de 10 para 15 quantidade de pessoas reunidas em área comum nos lagos e lagoas, nos rios Barreiro, Santana e Aporé, e principalmente aos arredores do rio Paranaíba próximo a Ponte do Porto de Alencastro.

RIO PARANAÍBA – FOTO: DIVULGAÇÃO

Ficam vedadas as concessões de licenças ou alvarás para realização de eventos privados, com público superior a 15 pessoas, até 30 de setembro de 2020

Segundo a secretaria de administração de Paranaíba,Janete dos Santos, a flexibilização ocorreu devido a estabilidade de casos em Mato Grosso do Sul, mesmo que na cidade os leitos estejam com 100% de ocupação.

“MS, hoje, felizmente se encontra em estabilidade, mas Paranaíba se encontra com leitos de UTI ocupados, mas como o atendimento vale em todo território estadual, temos como atender os contaminados dentro do território que hoje se encontra estável”, disse Janete.

FOTO:DIVULGAÇÃO