Estudante flagra porco-espinho no quintal da casa dela e aciona polícia ambiental

0
130

Animal estava em uma palmeira no momento em que a equipe chegou. Houve a captura e ele foi encaminhado ao Cras.

Uma estudante de 27 anos acionou a Polícia Militar Ambiental (PMA) após localizar um porco-espinho no quintal da casa dela, na rua Fernão de Magalhães, Vila Marli, em Campo Grande.

A equipe, ao chegar no local, no último domingo (31), flagrou o animal em uma palmeira e então houve a captura, sendo ele encaminhado ao Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (Cras).

Ao G1 o tenente-coronel da PMA, Ednilson Queiroz, falou que, aparentemente, o porco-espinho não é um animal agressivo e se arrepia como uma espécie de defesa. Nos últimos dias, ele conta que a corporação recebeu chamados do tipo, mas, não possui o número de atendimentos realizados neste caso.

G1MS