Foragido há 10 anos, condenado por abusar sexualmente de crianças dentro de van escolar é preso em MS

0
159

Conforme a polícia, o homem foi condenado em 2015, mas processo ainda estava em fase de recurso. Em fevereiro, o Supremo Tribunal de Justiça (STJ) confirmou a condenação de 19 anos de prisão.

Um idoso, de 62 anos, foi preso, nesta quinta-feira (16), dez anos depois de estuprar duas crianças, de 6 e 9 anos, em Anhanduí, distrito de Campo Grande enquanto era motorista de uma van escolar. A prisão foi feita por policias da Delegacia de Repressão a Roubo a Bancos, Assaltos e Sequestros (Garras), no bairro Tiradentes.

Conforme a polícia, o idoso foi condenado pelo crime em 2015, mas só agora o caso transitou em julgamento, pois a defesa ainda estava entrando com recursos em instâncias superiores para reverter a sentença.

O Supremo Tribunal de Justiça (STJ) confirmou a condenação e mandou prender o acusado. A ordem foi dada em 28 de fevereiro pelo juiz Roberto Ferreira Filho, em atuação na 7ª Vara Criminal, e foi cumprida pelo Garras na manhã desta quarta-feira.

Crimes

Os crimes vieram à tona em 2013, quando o pai de uma das vítimas procurou a Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DEPCA), após saber que a filha estava sendo abusada pelo motorista. Depois disso, outras denúncias começaram a aparecer.

Uma jovem, de 19 anos, também confirmou que tinha sido abusada pelo motorista quando tinha 10 anos. Ele fazia o transporte de crianças de uma região de assentamento até a escola e parava em locais ermos, quando estava sozinho com um dos menores, para cometer os abusos.

G1 MS