Gerson Claro: saiba quem é o deputado cotado a ser presidente da Assembleia Legislativa de MS

0
21

g1 MS

A sete dias da eleição da nova Mesa Diretora da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (Alems), o deputado estadual Gerson Claro (PP) é o mais cotado para assumir a presidência do Legislativo Estadual. O g1 apresenta um breve perfil do parlamentar que pode ser o novo presidente da mesa diretora e os bastidores da disputa. Leia mais abaixo.

Quem é Gerson Claro?

Gerson Claro nasceu em Itaporã, interior de Mato Grosso do Sul. Depois de servir o Exército Brasileiro, no município de Nioaque, Gerson, então recém-formado no magistério, se tornou professor e começou a dar aulas para crianças do primeiro ao quinto ano no município de Sidrolândia.

O deputado é formado em história e construiu a carreira como professor em escolas públicas de Sidrolândia e colégios particulares em Campo Grande. Foram mais de 10 anos trabalhando na sala de aula.

Deputado Gerson Claro é professor de história e formado em direito.  — Foto: Reprodução/Arquivo pessoal

Deputado Gerson Claro é professor de história e formado em direito. — Foto: Reprodução/Arquivo pessoal

Em 2002, Gerson se graduou em direito e logo após realizou pós-graduação em Gestão Pública e Direito Administrativo. Logo depois, o deputado ficou oito anos como diretor da Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul (Assomasul), auxiliando na assistência das prefeituras.

Em 2015 foi nomeado Diretor-presidente do Detran-MS. Em 2018, Gerson Claro foi eleito deputado estadual, pelo Progressistas.

Atualmente, o deputado é presidente da principal comissão temática da Casa, a Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR). Casado, o deputado tem dois filhos, Pedro e João Paulo.

LEIA TAMBÉM:

Gerson Claro durante sessão na Alems — Foto: Assessoria

Gerson Claro durante sessão na Alems — Foto: Assessoria

Bastidor

A votação está marcada para o dia 1º de fevereiro, às 10h, mesma data em que ocorre a cerimônia de posse dos deputados estaduais eleitos.

Conforme apurado pelo g1, os deputados intensificaram as negociações em torno da divisão de cargos da Assembleia desde a eleição de Eduardo Riedel (PSDB), como governador do estado. A senadora eleita, Tereza Cristina (PP), teve papel determinante na vitória do tucano e também influenciará na escolha do comando do Legislativo Estadual.

Com isso, o nome do deputado Gerson Claro, que é do mesmo partido da ex-ministra da Agricultura e Pecuária, é o favorito para assumir a presidência da Alems. Deputado reeleito, Claro vem intensificando a busca por votos.

Desde 1979, a Alems teve 11 presidentes. O deputado Londres Machado foi o que mais assumiu o comando do Legislativo no estado, ocupando o cargo por sete vezes. Junior Mochi, do MDB, foi presidente por oito anos, entre 2015 e 2019. Paulo Corrêa (PSDB) é o atual presidente da Assembleia.

Disputa pela 1º secretaria

A Mesa Diretora é composta por sete cargos:

  • presidente;
  • 1º vice-presidente;
  • 2º vice-presidente;
  • 3º vice-presidente;
  • 1º secretário;
  • 2º secretário;
  • 3º secretário.

O segundo cargo mais importante da Mesa Diretora é o de 1º secretário. Conforme apurado pelo g1o nome mais cotado para assumir é o deputado reeleito Paulo CorrêaDepois de quatro anos na presidência, ele ganhou força nos bastidores.

Deputados durante sessão na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul  — Foto: Luciana Nassar/ALMS

Deputados durante sessão na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul — Foto: Luciana Nassar/ALMS

O PSDB, que tem a maior bancada da Assembleia, quer fazer de Paulo Corrêa, que foi um aliado do governo Reinaldo Azambuja nos últimos oito anos, o 1º secretário do Legislativo Estadual. Os deputados Jamilson Name e Mara Caseiro também estão de olho na disputa.