Homem mantém esposa em cárcere em motel e faz ameaças com arma apontada para cabeça dela

0
173

Polícia de MS soube do caso após um outro homem mostrar fotografias enviadas pelo suspeito, que até a publicação desta reportagem não havia sido localizado.

Um homem de 49 anos é suspeito de manter a esposa, de 46, em cárcere privado dentro de um quarto de motel, em Campo Grande, nessa segunda-feira (09), e ameaçá-la de morte com arma apontada para a cabeça dela. A polícia esteve na casa dele, mas, até a publicação desta reportagem ele não havia sido localizado.

O caso foi descoberto quando um homem foi até a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam), e mostrou fotos onde o marido segurava a cabeça dela, apontando uma arma de fogo. As imagens teriam sido enviadas pelo suspeito, em uma rede social. Nas mensagens, ele acusava o denunciante de ser amante da esposa.

Diante disso, uma equipe da Polícia Militar (PM) foi até a residência do casal, no Jardim Presidente, e lá a vítima contou que o marido a havia levado à força para um motel, a mantido presa no local por 1h30 com arma apontada para a cabeça dela e feito ameaças de morte.

O suspeito não estava na casa, mas lá, os policiais encontraram 12 munições de calibre 32 e um cabo de madeira.

O casal está junto há 20 anos e têm duas filhas menores de idade. Esta é a segunda denúncia da mulher à polícia contra o marido. A primeira foi em 2017. Agora, ela pediu medidas protetivas.

O homem que recebeu as fotos da vítima com arma apontada para a cabeça, entregou as imagens para a polícia e já havia denunciado o suspeito por ameaça.

O suspeito irá responder por sequestro e cárcere privado, posse e porte ilegal de arma de fogo e ameaça em situação de violência doméstica.

G1