Idoso disse que foi insultado e “perdeu a cabeça” antes de atirar em vizinho

0
1999

Arma usada no crime foi apreendida e passará por perícia. (Foto: Divulgação/PCMS)

O idoso, Donizete Ferreira Soares, de 61 anos, confessou durante depoimento à polícia nesta terça-feira (26) em Chapadão do Sul, a 331 km de Campo Grande, que atirou no vizinho, de 41 anos, mas afirmou que a intenção não era matar.

Segundo o idoso, que mora sozinho e não tem passagens pela polícia, a discussão realmente aconteceu por conta da árvore e a calçada. Disse ainda que ele foi insultado e “perdeu a cabeça”.

O idoso se apresentou nesta manhã com um advogado e entregou a arma usada no crime, segundo informado pelo delegado Felipe Potter. Detalhes do que motivou o crime não foram informados.

A vítima ficou com a munição alojada na cabeça e está internada na Santa Casa da Capital.

O crime ocorreu no domingo (24) e foi filmado por câmera de segurança. Nas imagens abaixo é possível ver que a vítima, de camiseta branca, estava limpando uma calçada e o autor aparece rapidamente próximo à árvore. Quando a filha da vítima se aproxima para pegar uma pedra e jogar fora, o idoso sai da casa armado e atira contra o vizinho, que foge correndo.

Alguns moradores da rua socorreram a vítima para o hospital da cidade, mas o homem precisou ser transferido em vaga zero para a Santa Casa de Campo Grande. A polícia recebeu informações de que ele estaria escondido na própria casa, então entrou no local, mas só encontraram uma caixa de munição calibre 32 com cinco munições intactas e dois cartuchos deflagrados.

Um vizinho dos envolvidos contou que não viu o momento dos disparos, mas um pouco antes presenciou quando a vítima pediu para o autor autorização para cortar um pé de jurubeba que estava plantado na calçada e que foi autorizado.

Apesar do projétil alojado no rosto, a vítima conseguiu conversar com os policias por whatsapp e contou que estava varrendo a calçada do vizinho quando os dois discutiram brevemente. Segundo o depoimento da vítima, o idoso teria reclamado dizendo “a calçada é minha”, então a vítima respondeu falando “nem a calçada você não varre”, e o homem foi para dentro da casa. Poucos segundos depois, ele saiu armado e atirando contra o vizinho.

A vítima foi atingida perto da orelha direita e o projétil se alojou próximo a boca. O caso foi registrado da Delegacia de Polícia Civil de Chapadão do Sul como homicídio qualificado por motivo fútil na forma tentada, e por posse irregular de arma de fogo.

FONTE: CAMPOGRANDENEWS

VEJA VÍDEO NA ÍNTEGRA

https://g1.globo.com/ms/mato-grosso-do-sul/video/homem-atira-na-cabeca-de-vizinho-que-limpava-calcada-10788992.ghtml