Jovem de 25 anos é preso por tráfico de drogas na noite desta segunda no bairro de Lourdes

0
195

Após várias denúncias anônimas, a Polícia Militar de Paranaíba prendeu em flagrante o jovem E.R.M., 25 anos, por tráfico de drogas na rua Plinio Antônio de Freitas, no bairro Industrial de Lourdes, por volta das 21h30 desta segunda-feira (11).

Os policiais militares foram informados que o jovem estaria vendendo drogas em sua residência. A informação era que havia um fluxo grande de indivíduos em sua casa. Diante disto, há alguns dias foi intensificado o policiamento ostensivo e preventivo pela região.

Na noite de ontem, os policiais passaram em frente à casa do suspeito que estava no escuro na parte externa debaixo das árvores e de forma abrupta e repentina levantou-se e saiu correndo, como se estivesse com algum objeto em suas mãos.

A polícia deu voz de parada para o jovem, ordem ignorada por ele, sendo alcançado dentro de sua residência. Nada de ilícito foi encontrado em sua posse e ele dizia não entender o motivo da ação policial.

Como havia denúncias e por sua atitude suspeita foi solicitado apoio da RP-1 para ajudar na situação e iniciada uma busca domiciliar. Jogado no sofá estava uma vasilha de plástico transparente contendo uma caixa de bala com três paradinhas de maconha totalizando 11 gramas; certa quantia de dinheiro em moedas, uma outra parte em cédula de dinheiro e no quarto, dentro de um dos pares de tênis, mais dinheiro, totalizando R$ 512,75.

Os policiais encontraram um celular Galaxy J4 azul que, segundo o autor, era de uma amiga sua que havia esquecido. Pelas informações desconexas e suspeitando da origem ilícita do aparelho sem chip, os policiais deslocaram-se com o jovem no compartimento de segurança da viatura até uma residência na rua Evangelista Vilela dos Reis onde moraria a proprietária do smartphone, não sendo encontrada.

Após isto, os policiais deslocaram-se até a rua Theódulo Mendes Malheiros, que, segundo o suspeito, o jovem D.H.R., 22 anos, poderia confirmar sua versão sobre o celular. Ele teria conversado com a suposta proprietária do telefone em um notebook deste jovem. Em conversa com este jovem, disse desconhecer a situação, pois nem notebook possui.

O suspeito foi conduzido até a Delegacia de Polícia Civil juntamente com a droga e o celular aprendidos. Um advogado acompanhou o autor na delegacia.