22.8 C
Paranaíba
quinta-feira, 18 julho, 24
spot_img
spot_img
spot_img
InícioAO VIVO: Tribuna LivreMotociclista sem habilitação é preso em Paranaíba

Motociclista sem habilitação é preso em Paranaíba

Ele confessou ter ingerido bebida alcoólica, mas se recusou a fazer o teste do bafômetro

Na noite de ontem, 21,  a Polícia Militar foi envolvida em uma perseguição que terminou na prisão de um motociclista em Paranaíba. 

Durante uma operação de policiamento ostensivo e preventivo, os policiais avistaram um indivíduo trajando camiseta verde e capacete branco, conduzindo uma motocicleta Honda preta. 

Homenagem ao aniversariante do dia – Alex Queiroz

Ao perceber a presença policial, o motociclista começou a acelerar e transitar em alta velocidade, descendo pela Rua Coronel Carlos e tomando rumo ignorado. 

Devido ao fluxo de veículos no local, os policiais optaram por não tentar uma abordagem imediata.
Minutos depois, ainda no posto de combustível, os policiais foram informados sobre uma briga entre dois homens em frente à Madeireira Novo Estado. 

Ao se deslocarem para o local, não constataram a briga, mas avistaram uma motocicleta em alta velocidade, identificando-a como a mesma vista anteriormente.

A guarnição seguiu em patrulhamento pela Avenida Três Lagoas e, no cruzamento com a Avenida Getúlio Vargas, deu ordem de parada ao motociclista utilizando giroflex, sirene e contato verbal. 
Ignorando a ordem, o condutor acelerou ainda mais, colocando em risco os usuários da via.

Após acompanhar o motociclista por seis quadras e por aproximadamente 1,5 quilômetros na Avenida Aristides Klafke, a polícia decidiu utilizar munição de borracha para deter a fuga. 

Um disparo atingiu a região lombar do condutor, que então diminuiu a velocidade e parou no cruzamento com a Avenida Pedro Pedrossian.

Questionado sobre o motivo da fuga, o condutor revelou não possuir Carteira Nacional de Habilitação. 
Devido à sua agitação e tentativa de fuga, foi necessário algemá-lo, embora as algemas tenham sido retiradas após a chegada à delegacia de polícia civil.

Ele se recusou a fazer o teste do bafômetro, mas admitiu ter ingerido um copo de whisky por volta das 22h00. 

A tentativa de contatar o médico plantonista para a realização de um exame pericial não teve sucesso e, por isso, ele foi liberado. 

MS todo dia

Difusora 91 – Alex Queiroz

Principais Notícias

Dr. Rainer Fratari – Alex Queiroz
- Publicidade -spot_img

MAIS LIDOS