MP denuncia jovem que matou namorada durante ‘brincadeira’ com carro em MS

0
158

Perícia apontou que o rapaz dirigia o veículo a 95 km/h quando Mariana Vitória Lima, foi arremessada e morreu. O caso aconteceu no dia 15 de maio deste ano, na Via Park.

O Ministério Público Estadual (MPE) denunciou à Justiça por homicídio simples, combinado com o fato de dirigir embriagado, Rafael de Souza Carrelo, de 19 anos, pela morte da namorada, Mariana Vitória Lima, da mesma idade, durante o que ele definiu à polícia como ‘brincadeira’ entre o casal, na madrugada do dia 15 de maio, em Campo Grande. A denúncia foi recebida no último dia 2.

Mariana foi arremessada do capô do próprio carro, no momento que era dirigido por Rafael, e morreu no local, na avenida Via Parque. O casal tinha ido a uma festa, voltado para casa de veículo de aplicativo, mas decidiu pegar o automóvel para ir até uma lanchonete.

Rafael perdeu o controle da direção ao fazer uma curva, quando já voltavam para casa depois de terem se deparado com o local fechado. O carro subiu no meio-fio, bateu em uma árvore, ponto onde Mariana caiu, e depois parou em um poste. Segundo a perícia, o veículo estava a 95km/h e a alta velocidade foi determinante para o acidente.

Os pontos vermelhos no croqui do acidente mostram os locais em que o veículo dirigido por Rafael colidiu  — Foto: Perícia MS/Reprodução

O advogado de Rafael, Marlon Chaves, disse que vai contestar o laudo pericial no momento oportuno e afirma que o jovem segue em prisão domiciliar e pode responder por homicídio culposo.

Depois do depoimento de Rafael e análise das imagens, o crime que antes estava tipificado como feminicídio, recebeu outro parecer da juíza Eucélia Moreira Cassal, que entendeu que houve homicídio culposo na direção de veículo. Diante disso, a juíza não converteu o flagrante em prisão preventiva e determinou que o suspeito fique em casa, com monitoramento eletrônico, só saindo com autorização judicial.

Diversas câmeras de segurança registraram imagens do veículo do casal com uma pessoa no capô. Há vídeos que mostram o momento em que Mariana é arremessada do veículo.

G1