Mulher é indiciada e leva multa de R$ 4 mil ao abandonar casa e deixar 5 cães e galinhas sem comida em MS

0
205

Polícia foi ao local após denúncia e vizinhos disseram que, todos os dias, era possível ouvir uivos dos animais, que padeciam de fome e sede. Suspeita não estava no local, mas, responderá ao processo.

Uma mulher, de 33 anos, foi indiciada pelo crime de maus-tratos e também deverá pagar uma multa de R$ 4 mil, após abandonar uma casa e deixar, por quatro dias, cinco cães e três galinhas sem alimento. A Polícia Militar Ambiental (PMA) esteve na casa dela, em Três Lagoas, na região leste do estado, após denúncia anônima, há 2 dias.

Conforme a investigação, a equipe chegou ao imóvel, no bairro Jardim das Violetas II, quando ficou sabendo que a suspeita havia se separado do marido e então abandonou o local, deixando os animais trancados na casa e quintal sem acesso a água ou comida, bem como um cachorro à rua.

Ainda conforme a PMA, os vizinhos disseram que, todos os dias, era possível ouvir uivos dos animais, que padeciam de fome e sede. Eles comentaram ainda que, por pena, colocavam ração pela fenda do portão e também davam água por cima do muro.

Os policiais entraram no local e encontraram 8 animais, dos quais duas galinhas e um cachorro já estavam mortos. A PMA ressaltou que um cachorro estava na rua e dois no quintal e ainda mais dois cachorros trancados no interior da residência (um morto) e os três galináceos também estavam no quintal (dois mortos).

Com relação aos animais sobreviventes, a PMA falou que eles estavamextremamente desnutridos e em situação de penúria, em razão do tempo sem alimento e água. “No quintal ainda havia muita sujeira, dejetos dos animais, bem como as carcaças dos bichos mortos. Os bichos sobreviventes foram apreendidos e deixados aos cuidados de outras pessoas voluntárias e a carcaça dos animais mortos tiveram o descarte ao aterro sanitário”, explicou.

Na ocasião, a mulher não foi encontrada e ninguém soube falar do seu paradeiro. Mesmo assim, os policiais disseram que ele foi identificada e levará a multa de R$ 4 mil. O caso também foi encaminhado para a Polícia Civil e a suspeita também responderá porcrime ambiental de maus-tratos a animais, com pena que varia de dois a cinco anos de reclusão.

Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!