35.4 C
Paranaíba
domingo, 25 fevereiro, 24
spot_img
spot_img
InícioDestaquesO que se sabe sobre o caso de marido morto com veneno...

O que se sabe sobre o caso de marido morto com veneno de rato e esquartejado por idosa em MS

A idosa, de 61 anos, disse em depoimento à polícia que estava “cansada de cuidar” do esposo que teve um Acidente Vascular Cerebral (AVC). O corpo da vítima foi encontrado dentro de uma mala, na BR-158, em Selvíria (MS).

Como ela matou?

À polícia, a suspeita relatou que deu veneno para ratos para o marido e, depois sem saber o que fazer com o corpo, o esquartejou.

Como o corpo foi encontrado?

Corpo estava em mala.  — Foto: PCMS/Reprodução

Corpo estava em mala. — Foto: PCMS/Reprodução

De acordo com a Polícia Civil, o crime começou a ser investigado, na quinta-feira (25), quando um homem encontrou às margens da rodovia na BR-158, em Selvíria, no leste de Mato Grosso do Sul, a mala com parte dos restos mortais da vítima, de 63 anos.

Após receber a informação, a polícia e perícia técnica foram até ao local e encontraram apenas o tronco da vítima na mala.

Segundo a polícia, a partir daí foram ouvidas diversas pessoas para tentar se identificar a vítima, até que chegou a informação que um Idoso que havia sofrido um AVC não era sido visto desde sábado, dia 21 de maio.

O que a suspeita disse à polícia?

A partir da informação de que um idoso não havia sido mais visto desde o dia 21, os policiais foram até a casa dele e conversaram com vizinhos e com sua esposa.

Os vizinhos disseram que o idoso brigava constantemente com a companheira.

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Felipe Rocha, a mulher demonstrou muito nervosismo e contou uma história “fantasiosa” para tentar explicar o desaparecimento do companheiro.

Ela foi levada para a delegacia de Polícia Civil do município e apresentou diversas contradições em relação ao que os vizinhos diziam sobre como era o relacionamento do casal.

Segundo o delegado, em determinado momento a mulher acabou confessando o crime. Disse, conforme ele, que em um “momento de loucura” cometeu o crime.

A mulher relatou que estava “cansada de cuidar” do esposo que teve um Acidente Vascular Cerebral (AVC) recentemente e por isso cometeu o crime. Os idosos estavam casados há cerca de dois anos.

À polícia, a suspeita relatou que deu veneno para ratos para o marido e, depois sem saber o que fazer com o corpo, o esquartejou, colocando metade na mala abandonada próximo à rodovia e a outra metade (cabeça, pernas e braços), colocou em sacos e congelou, no mesmo local em que armazenava alimentos para a venda de lanches.

Na quinta-feira, a suspeita disse que descartou a mala com o tronco da vítima e no dia seguinte, sexta (26), jogou as demais partes do corpo ainda congeladas, em outro local, mas também próximo da rodovia.

Delegado diz que suspeita demonstrou frieza

O delegado do caso disse que após confessar o crime, durante o depoimento, a mulher poucas vezes demonstrou arrependimento, sendo muita fria durante todo o relato.

O que aconteceu com a suspeita?

As investigações foram concluídas, na madrugada deste sábado (27), e a suspeita presa em flagrante.

Ela foi levada para Três Lagoas, onde aguarda audiência de custódia. Inicialmente, o caso foi tipificado como homicídio duplamente qualificado e ocultação de cadáver.

- Publicidade -spot_img

MAIS LIDOS