OPINIÃO DO SERAGUCI

0
230

Podemos ter Lula presidente, André ou Riedel governador, Tereza Cristina senadora, João Henrique deputado estadual e Sindoley Morais deputado federal.

Com a liderança estável de Lula nas pesquisas eleitorais para Presidente da República e a estagnação de Bolsonaro, Lula tem reais chances de vencer a eleição já no primeiro turno, caso as pesquisas se confirmem. Havendo segundo turno, Lula tem maiores chances, conforme pesquisas.

Quanto ao governo do Estado de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli se confirma como uma liderança forte, com praticamente garantia em participar na disputa do segundo turno. Marquinhos Trad, que tinha reais chances de disputar com Puccinelli o segundo turno viu sua campanha despencar com as denúncias de assédio sexual. Não consegue explicar.

Rose Modesto não decolou e a máquina pesada do governador Reinaldo Azambuja está jogando Riedel para o segundo turno. Começou com índice baixo e a máquina do Estado o fez crescer.

Veremos no segundo turno. André vai agregar? Riedel junta os candidatos perdedores? Vamos ver.

Para o Senado Federal, as pesquisas apontam Tereza Cristina como eleita.

Falar agora de Paranaíba.

O candidato a deputado estadual João Henrique passa a ter reais chances de ser reeleito, conforme pesquisa do Ranking. Os liberais já têm chance de ocupar entre duas e três cadeiras das 24 da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul. Tem mais chance de levar a disputa Neno Razuk com 1,00% das intenções de votos dos eleitores, João Henrique Catan com 0,90%, Coronel David com 0,80% e Raquelle Trutis com 0,80%. João Henrique está com um pé na Assembleia ano que vem.

Sindoley Morais, candidato a deputado federal pelo União Brasil, tem chances reais de ser o representante do partido na Câmara dos Deputados em 2023. Conforme análise do Instituto Ranking Brasil, com base na pesquisa feita pelo próprio Instituto junto a três mil eleitores, em 30 municípios do Estado, entre os dias 7 e 12 de setembro de 2022, a sigla tem chance de conquistar uma cadeira entre as oito disponíveis para Mato Grosso do Sul na Casa de Leis e Sindoley Morais é melhor colocado com 1,10% das intenções de votos dos eleitores estaduais.

Podemos errar, mas devemos ter Lula Presidente, Puccinelli ou Riedel governador, Tereza Cristina senadora, João Henrique deputado estadual e Sindoley Morais deputado federal.

Paranaíba pode ter, pela primeira vez, nas últimas décadas, deputado estadual e federal.

Esta situação pode melhorar a performance de Sindoley e João Henrique em Paranaíba, com o voto útil. Ou seja, ninguém quer perder a eleição e quer ter o seu deputado estadual e federal de sua cidade eleito. Aumenta a chance dos dois.