Padrasto que estuprou e engravidou adolescente é condenado a 12 anos de prisão em MS

0
257

Foi tentada a revogação da prisão preventiva pela defesa que foi negada pela Justiça

O padrasto de 60 anos de uma adolescente de 14 anos foi condenado pela Justiça de Mato Grosso do Sul, nesta quarta-feira (25), após estuprar e engravidar a garota, em 2022. A defesa tentou a revogação da prisão preventiva, mas foi negada.

A condenação de 12 anos de reclusão foi publicada no Diário da Justiça do Estado. Na decisão foi alegada a periculosidade do réu. O crime aconteceu em uma fazenda do Estado, quando a adolescente morava junto da mãe e do padrasto.

A mãe percebeu que a barriga da filha estava crescendo e ao levá-la ao médico foi informada que a menina estava grávida. Após a descoberta da gravidez, a adolescente disse que tinha sido estuprada pelo padrasto.

A adolescente contou que o padrasto teria dito, “eu quero um filho e você vai me dar”. A vítima ainda relatou que o homem tampou sua boca e a estuprou. A mãe da menina relatou na delegacia que tinha medo do marido já que ele tinha antecedentes criminais. 

Fonte: Midiamax