PMA de Bataguassu autua médica veterinária em R$ 12 mil por maus tratos, devido a 4 bovinos mortos por falta de alimento em sua fazenda

0
310

Policiais Militares Ambientais de Bataguassu receberam denúncia relativa a maus-tratos a bovinos, em razão da falta de alimentos em uma propriedade rural, localizada no município de Batayporã, a 45 km do perímetro da cidade. Os policiais foram ao local ontem (10), confirmaram a denúncia e constataram que a pastagem na propriedade rural passou por uma fase de degradação e não fora capaz de nutrir os animais.

O capataz da fazenda, que acompanhou a vistoria, disse à equipe que fornecia alimentação complementar composta por ração, feno e bagaço de cana-de-açúcar. Apesar desses esforços, durante a vistoria, os Policiais constataram quatro carcaças de novilhas mortas, há algum tempo, em virtude da desnutrição. Com relação ao restante do gado, cerca de 150 animais, a pastagem já havia se recuperado um pouco, em razão das chuvas e com o alimento suplementar estava sendo suficiente para a nutrição básica.

Carcaça de novilha morta.

A proprietária do imóvel, uma médica veterinária de 25 anos, residente em Nova Andradina, foi autuada administrativamente e foi multada em R$ 12.000,00 por maus-tratos aos animais que foram a óbito. Ela responderá por crime ambiental com pena prevista de três meses a um ano.

FONTE: PM MS