PMA de Campo Grande prende e autua dois pescadores em R$ 5,4 mil por pesca predatória e apreende pescado, barco, motor e petrechos ilegais

0
66

Dois pescadores, um de 51 anos, residente em Dois Córregos (SP) e outro de 36 anos, residente em Campo Grande, foram presos em flagrante e autuados por pesca predatória, por uma equipe da Polícia Militar Ambiental de Campo Grande, que realizava fiscalização ambiental no rio Aquidauana ontem (24) à tarde, na região conhecida como Ponte do Grego, no município de Aquidauana.

Os Policiais Militares Ambientais abordaram os dois pescadores em uma embarcação motorizada e eles tinham capturado e matado dois exemplares de pescado da espécie cachara, medindo, 66 cm e 82 cm, portanto, um deles apresentava-se em tamanho inferior ao permitido pela legislação ambiental, que é de 80 centímetros para a espécie.

No barco ainda foram encontradas cordas normalmente utilizadas para armar espinheis e uma tarrafa (petrechos proibidos à pesca), além de uma caixa com anzóis e outros materiais para pesca, bem como uma vara com carretilha e uma vara com molinete. Os pescadores informaram que os peixes tinham sido capturados em um espinhel e indicaram onde tinham armado o petrecho ilegal. A corda de espinhel com 12 anzóis que cruzava o rio foi retirada e apreendida. O pescado, o motor, o barco e os petrechos de pesca foram apreendidos. Os infratores receberam voz de prisão e foram conduzidos à delegacia de Polícia Civil de Aquidauana, onde foram autuados em flagrante por crime ambiental de pesca predatória. A pena é de um a três anos de detenção. Eles também foram autuados administrativamente e foram multados em um total de R$ 5.400,00.

FONTE: PMMS