17.8 C
Paranaíba
sexta-feira, 19 julho, 24
spot_img
spot_img
spot_img
InícioDestaquesPMA de Miranda recolheu terceira onça-pintada morta atropelada na rodovia BR 262

PMA de Miranda recolheu terceira onça-pintada morta atropelada na rodovia BR 262

Mesmo com as atividades educativas realizadas pela PMA diretamente aos motoristas em abordagens educativas na rodovia BR 262 e em outras rodovias, bem como em trabalhos educativos em escolas no Estado, utilizando os próprios animais vítimas de atropelamentos e outros crimes (taxidermizados – “empalhados”) para discutir os problemas relativos à fauna, muitos animais continuam sendo atropelados nas rodovias, inclusive, predadores de topo de cadeia alimentar e, no sábado (29), a PMA recolheu a terceira onça-pintada atropelada na BR 262 este ano, duas só este mês.

Às 9h00, uma equipe da Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (IAGRO) parou no Pelotão da PMA, localizado na BR 262 e entregou mais uma onça-pintada (Panthera onca) vítima de atropelamento, recolhida na BR, a cerca de 30 km do local conhecido como Buraco das Piranhas. Depois de dois machos, desta vez uma fêmea fora morta por atropelamento, provavelmente ontem (28) à noite. 

Como os demais, o animal também será taxidermizado (empalhado) para uso em Educação Ambiental em uma das oficinas temáticas que são utilizadas pela PMA. As outras onças eram dois machos, um de 105 e 108 kg respectivamente. Uma foi recolhida no dia 27 de janeiro deste ano e a outra no dia 21 deste mês, ou seja, há oito dias.Onça-pintada entregue pela equipe da IAGRO.

OS DOIS CASOS ANTERIORES

2º CASO

NOTA À IMPRENSA N.º 264/2023 – DATA – (21/4/2023)

Polícia Militar Ambiental de Miranda recolhe hoje onça-pintada de 108 kg atropelada na rodovia BR 262, a segunda este ano

Campo Grande (MS) – Mesmo com as atividades educativas realizadas pela PMA, muitos animais continuam sendo atropelados na rodovia BR 262, inclusive, predadores de topo de cadeia alimentar. No dia 27 de janeiro deste ano, a Polícia de Miranda recolheu um animal silvestre da espécie onça-pintada (Panthera onca), de 105 kg, na altura do Km 625, a aproximadamente 70 km da cidade de Miranda. Este animal foi taxidermizado (empalhado) nesta semana e será utilizado nos trabalhos de Educação Ambiental da PMA.  

Infelizmente, hoje (21) às 8h40, outra onça-pintada (Panthera onca) foi recolhida, por Policiais Militares Ambientais de Miranda, às margens da rodovia BR 262, nas proximidades do local conhecido como Buraco das Piranhas, a aproximadamente 85 km da cidade de Miranda. A equipe foi acionada por usuários da rodovia, que informavam que o animal estava caído ao solo, aparentando ter sido morto por atropelamento.

Os Policiais foram imediatamente ao local e constataram que a onça, um macho adulto, com 108 kg, já estava morta e efetuaram o recolhimento da carcaça do animal. O felino apresentava ferimentos na região da cabeça e em partes do tronco, indicando ter realmente sido atropelado e, pelo estado, os Policiais acham que o atropelamento tenha ocorrido no início da noite de ontem (20). O animal também será taxidermizado (empalhado) para uso em Educação Ambiental em uma das oficinas temáticas que são utilizadas pela PMA.

1° CASO

NOTA À IMPRENSA N.º 44/2023 – DATA – (27/1/2023)

Polícia Militar Ambiental de Miranda recolhe onça-pintada de 105 kg que foi atropelada hoje na rodovia BR 262

Campo Grande (MS) – Um animal silvestre da espécie onça-pintada (Panthera onca), popularmente conhecido como onça-pintada foi recolhido hoje (27) pela manhã, por Policiais Militares Ambientais de Miranda, às margens da rodovia BR 262, na altura do Km 625, a aproximadamente 70 km da cidade de Miranda. A equipe foi acionada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), que informava que o animal estava caído ao solo, aparentando ter sido atropelado.

Os Policiais foram imediatamente ao local e constataram que a onça, um macho adulto, já estava morta e efetuaram o recolhimento da carcaça do animal. O felino apresentava ferimentos na região da cabeça e em partes do tronco, indicando ter sido atropelado. O animal será taxidermizado (empalhado) para uso em Educação Ambiental em uma das oficinas temáticas que são utilizadas pela PMA.

FONTE: PM MS

- Publicidade -spot_img

MAIS LIDOS