Polícia Militar Ambiental de Batayporã autua por maus-tratos criminoso que deixou cachorro morrer por desnutrição

0
43

Uma equipe de Policiais Militares Ambientais de Batayporã tomou conhecimento sobre um cão que teria ido a óbito em uma residência, localizada no bairro Centro Educacional, na cidade de Nova Andradina, por falta de cuidados. A equipe foi acionada ontem (8) por uma médica-veterinária do Centro de Controle de Zoonoses de Nova Andradina, que havia localizado o cão já morto na residência do autor, depois de denúncias de possíveis maus-tratos.

Com o laudo de constatação de maus-tratos dos veterinários do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), atestando a morte do cão por falta de cuidados, pois não havia cobertura para o animal no quintal e ainda com a presença de ectoparasitas e com sinais de desnutrição, a PMA foi ao local e autuou administrativamente o criminoso (31) e o multou em R$ 1.000,00. A multa administrativa efetuada pela PMA será julgada pelo órgão ambiental estadual, depois de ampla defesa do autor. Ele também responderá por crime ambiental de maus-tratos. A pena prevista para este tipo de crime é de dois a cinco anos de reclusão.

FONTE: PMMS