Polícia Militar Ambiental prende e autua caçadores em R$ 10,5 mil por caça e abate de porcos silvestres (catetos), apreende arma e 42 kg de carne em MS

0
987

 Policiais Militares Ambientais de Aquidauana receberam denúncia hoje (29) pela manhã, de que dois indivíduos estariam caçando em área particular, localizada à 42 km de cidade de Aquidauana,  sem consentimento do proprietário do imóvel.

A equipe policial foi ao local e flagraram os infratores praticando caça predatória, com eles foram encontrados, 42 kg de carne de caça, um rifle calibre 22 com uma munição.

Os policiais deram voz de prisão aos dois caçadores, de 23 e 38 anos, trabalhadores rurais, apreendendo a carne de porco do mato, da espécie popularmente conhecida como Cateto, a arma de fogo e a munição, que foram encaminhados para a Delegacia de Polícia civil de Aquidauana, onde eles foram autuados por crime ambiental de caça,  por posse ilegal de arma de fogo e, autuados administrativamente e multados em R$ 10.500,00 para cada infrator.