Policial militar mata filhos, mãe, esposa e outras três pessoas

0
2086

Um policial militar sofreu um surto psicótico ao sair do plantão, matou oito pessoas, incluindo os filhos e se suicidou. O caso ocorreu em Toledo, no Paraná. 

Fabiano Junior Garcia, de 37 anos de idade, teria trabalhado até 19h da última 5ªfeira (14.jul). Ele atuava como motorista do coordenador de polícia do batalhão.

Quando foi liberado do expediente, dirigiu até a cidade de Céu Azul, município perto de Toledo, e matou os dois filhos mais novos, um menino de 4 anos e uma menina de 9. Após, ele dirigiu novamente até Toledo por aproximadamente 70 quilômetros. Ao chegar na cidade, ele atirou contra Luiz Carlos Becker e o adolescente Caio Felipe Siqueira, sendo que ele não conhecia ambos. 

Após matar os desconhecidos, ele foi até a própria casa e tirou a vida da esposa Cassiele Mendes e da filha do casal Amanda Mendes, de 12 anos. Ele também se dirigiu até a casa da mãe, Irene Garcia, de 78 anos, e atirou contra ela e seu irmão Cludiomiro Garcia, de 49 anos. Ele voltou para o carro e se suicidou.

O comando da Polícia Militar ainda vai se pronunciar, mas afirma que Fabiano não tinha histórico de atendimento psicológico, serviço disponibilizado pela corporação desde 2020. 

O primo de Fabiano disse que ele era uma pessoa tranquila e comentou que essa semana conversou com o parente e riram juntos. Ainda segundo o familiar, ele não aparentava estar sofrendo com nenhum problema mental.

fonte SBT News