Secretaria de Saúde monta posto de vacinação para atender região do “GUILHERMÃO”

0
23

A Secretaria Municipal de Saúde de Paranaíba, através da Unidade de Vigilância Sanitária (VISA), montará amanhã (31), um posto de vacinação na “Ponte do Guilhermão”, para vacinação antirrábica e para H1N1. A VISA disponibiliza a vacina antirrábica para cães e gatos. Pedido antigo do Vereador Lúcio do Alto Santana, a estratégia de imunização foi reestruturada por conta da pandemia de covid-19, ou seja, para evitar aglomerações.

A Secretaria Municipal de Saúde de Paranaíba, através da Unidade de Vigilância Sanitária (VISA), montará amanhã (31), um posto de vacinação na “Ponte do Guilhermão”, para vacinação antirrábica e para H1N1. A VISA disponibiliza a vacina antirrábica para cães e gatos. Pedido antigo do Vereador Lúcio do Alto Santana, a estratégia de imunização foi reestruturada por conta da pandemia de covid-19, ou seja, para evitar aglomerações.

Amauri Mariano, secretário de Saúde, frisou a importância da vacinação no cenário atual que vivemos. “A vacina contra a Gripe é segura e é considerada uma das medidas mais eficazes para evitar casos graves, além disso, a vacinação permitirá prevenir complicações, óbitos e as suas consequências sobre os serviços de saúde decorrentes da doença”, disse o secretário. A vacinação contra a Gripe (Influenza) também tem como objetivo minimizar a carga da doença, reduzindo os sintomas que podem ser confundidos com os da Covid-19.

Segundo Gilson Piva, coordenador da Vigilância Sanitária, apesar da raiva ser considerada nos dias atuais uma doença um tanto incomum, ela continua sendo uma grande preocupação entre donos de cães e gatos. “A raiva é incurável nos animais e pode afetar os seres humanos, sendo a vacina antirrábica a única forma de prevenção. Uma das preocupações dos setores de controle de doenças animais é com o grande número de gatos e, principalmente, cães abandonados nas ruas, não descartando, portanto, a transmissão da doença”, informou.

Devem ser vacinados cães e gatos a partir de 4 meses de vida, animais prenhes e que estejam amamentando. A vacina não tem contraindicação.

A raiva é transmitida por meio da saliva dos animais contaminados, passada, principalmente, pela mordida dos animais doentes, sejam eles gatos ou cães. De acordo com especialistas da área da saúde, nos cachorros e no homem, o vírus da doença pode permanecer encubado por até dois meses antes que os seus sintomas comecem a aparecer; sendo que, nos gatos, a doença destaca sinais diferenciados, mas não menos agressivos.

A vacinação ocorrerá das 08h às 11:30h.

FONTE: PREFEITURA MUNICIPAL DE PARANAÍBA