Toque de recolher em todo MS será prorrogado pela quarta vez

0
201

A medida restritiva impõe que as cidadãos de Mato Grosso do Sul não saiam às ruas das 22h às 5h. O decreto com a prorrogação deve ser publicado em edição extra do diário oficial do estado.

O governo de Mato Grosso do Sul prorrogou pela quarta vez o toque de recolher das 22h às 5h em todo o estado. A medida se mantém para tentar conter o avanço da Covid-19. A prorrogação passará a contar a partir do dia 8 de fevereiro, e também terá tempo de 15 dias. O decreto com a prorrogação deve ser publicado em edição extra do Diário Oficial de Mato Grosso do Sul.

A medida restritiva foi determinada, inicialmente, entre os dias 11 e 25 de dezembro, depois foi estendida para o período de 26 de dezembro a 9 de janeiro e na sequência para de 10 a 24 de janeiro. Agora, o toque de recolher que encerraria no dia 8 de fevereiro, será estendido até o dia 23 do mesmo mês.

O novo decreto deverá manter as mesmas determinações das outras ações, como a de que as prefeituras deverão adotar as recomendações do programa desenvolvido pelo governo de Mato Grosso do Sul e pela Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS) sobre a pandemia. O chamado “Prosseguir” mapeia a situação das cidades em relação à pandemia e as classifica em bandeiras, além de orientar sobre restrições e sobre quais tipos de empreendimentos podem funcionar.

Nos outros decretos ficava evidente de que o toque de recolher em todas as cidades do estado das 22h às 5h abre exceção apenas para razões de trabalho, emergência médica ou urgência inadiável. Serviços classificados como essenciais pelo Comitê Gestor do Prosseguir, assim como os serviços de delivery, não têm funcionamento impedido pela determinação.

Nesta quarta-feira, foram confirmadas mais 21 mortes, o que elevou a média móvel dos últimos 7 dias para 15,7 por dia e o total de óbitos provocados pela doença para 2.958.

G1MS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui