Vendedor é indiciado por maus-tratos ao viajar e deixar cachorro morrer doente e sem atendimento, diz polícia

0
376

Equipe foi ao local após receber denúncia anônima em MS. Além do indiciamento, suspeito também deve pagar multa de R$ 2 mil.

Denúncia de vizinhos, em Aquidauana, na região oeste do estado, levou a polícia a indiciar um vendedor por maus-tratos, após ele viajar e deixar sozinho um cachorro doente e sem atendimento. O animal foi encontrado em avançado estado de putrefação, nessa segunda-feira (28).

Conforme a Polícia Militar Ambiental (PMA), a ligação informava que um cachorro estava morto em uma casa no bairro Santa Terezinha, sendo que o dono parecia estar fora “há muito tempo”. A equipe então foi ao local e confirmou a veracidade da denúncia.

O homem de 36 anos, que tinha chegado de viagem no mesmo dia, foi autuado. Ele alegou que deixou o animal aos cuidados de outra pessoa, porém, os fatos não foram confirmados.

Os policiais também constataram que o animal estava doente, sendo ele recolhido e encaminhado ao aterro sanitário da cidade.

O suspeito deve responder por crime ambiental de maus-tratos ao cachorro, com pena de dois a cinco anos de reclusão, além de pagar uma multa de R$ 2 mil.

FONTE: G1MS