Cai número de cidades classificadas em risco ‘elevado’ para pandemia em MS, mas duas voltam a ser incluídas no grau ‘extremo’, Paranaíba fica com a coloração laranja no sistema

0
26

O mapa de classificação de risco do programa Prosseguir para a pandemia de Covid-19 em Mato Grosso do Sul foi atualizado nesta quarta-feira (12) pelo governo do estado.

Segundo o governo, 37 municípios permaneceram com a mesma classificação do mapa anterior. Em contrapartida, 32 progrediram e 10 regrediram.

No mapa anterior o estado não tinha nenhuma cidade classificada como de risco extremo, bandeira cinza. No atual, duas receberam esse enquadramento: Guia Lopes da Laguna e Juti.

A quantidade de municípios em risco alto (bandeira vermelha), que anteriormente era de 58, caiu para 32. Por outro lado, aumentou o número de cidades enquadradas como de risco moderado (bandeira laranja), na mesma comparação, de 20 para 44 cidades.

Já a quantidade de municípios que receberam a classificação de risco tolerável permaneceu a mesma, nos dois mapas, um.

Toque de recolher

O decreto do governo do estado 15.644, de 31 de março deste ano, estabelece que com base nas bandeiras de classificação dos municípios apontadas pelo programa Prosseguir são definidos os horários do toque de recolher nas cidades.

Nas cidades com classificação das bandeiras verde, amarela e laranja é mais flexível, das 22h até às 5 da manhã. Já os municípios de bandeira vermelha a partir das 21h; e nas de cor cinza, o toque de recolher é das 20h até às 5h.

G1MS