Dois morreram carbonizados após motorista tentar atravessar incêndio com carro
O motorista foi alertado pelo brigadista, mas não acatou o conselho e seguiu viagem

0
923

Foram identificados como Sílvio José dos Santos, de 47 anos, e Gustavo de Souza Martins, de 19 anos, os dois homens que morreram carbonizados em um incêndio ocorrido nesta quarta-feira (25), às margens da MS-145, no trecho que liga Ipezal, distrito de Angélica e Vila Pana, a Nova Alvorada do Sul, distante 120 quilômetros de Campo Grande.

Os dois moradores de Deodápolis seguiam sentido Ipezal em um Peugeot/Hoggar com placas de Joinville (SC), quando aproximadamente quatro quilômetros antes de chegar no distrito, se depararam com incêndio de grandes proporções e muita fumaça.

PICAPE FOI DESTRUÍDA PELO FOGO

Os brigadistas que combatiam o fogo pediram para eles aguardarem um pouco até ter visibilidade na pista, mas o condutor não acatou a ordem e seguiu viagem, conforme o site. Pouco depois, o motorista perdeu a visibilidade e o carro caiu às margens da via onde pegava fogo.

A picape foi tomada pelas chamas e as vítimas morreram queimadas. Silvio e Gustavo voltavam de uma empresa onde prestavam serviços. A ocorrência foi atendida por equipes da Prefeitura de Angélica, do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Polícia Civil e Perícia Técnica.

FONTE: CAMPO GRANDE NEWS