Chuva ameniza incêndios no Pantanal e bombeiros vão ‘realinhar estratégias’ nas bases montadas em fazendas

0
33

Em Porto Murtinho, no sudoeste de Mato Grosso do Sul, chuva ocorre desde às 2h, momento em que os bombeiros retornaram. Nesta manhã (26) as equipes fazem monitoramento da área.

A chuva, que ocorre de maneira esparsa em algumas regiões do Pantanal, ameniza os incêndios na região. Em Porto Murtinho, sudoeste do estado, ela ocorre desde às 2h (de MS), momento em que os bombeiros retornaram para as bases montadas em fazendas e agora vão ‘realinhar estratégias’ para continuar o combate.

“A chuva foi muito bem-vinda e agora os militares, que estavam em duas frentes de trabalho na operação Portal do Pantanal, estão na fazenda Tereré e Santa Carmem, realinhando as estratégias para atender qualquer necessidade na região. Nós encerramos o combate e agora, com a chegada da chuva, vamos manter o monitoramento”, afirmou ao G1 o tenente-coronel Fernando Carminati.

Conforme o coronel, a chuva ainda não chegou em alguns pontos ao norte do município. “Foram chuvas esparsas. Chove pouco e para, chove pouco e para. Na região sul foram 10 milímetros e, por enquanto, não encontramos mais focos. Nesta manhã (26) estamos nos locais que tinham incêndio, realizando uma verificação e monitoramento da área, o que deve ocorrer por pelo menos por 48h”, explicou.

Há mais de 50 dias em atividade na região, os bombeiros atuam “dia e noite” para combater os incêndios vegetais. No último domingo (22), a Reserva Kadiwéu também foi atingida e 50 brigadistas do PrevFogo Ibama trabalhavam na região, sendo 33 indígenas treinados não só de lá como da Aldeia Limão Verde.

FONTE:G1 MATO GROSSO DO SUL